Cariocas diluem quarteto e divergem sobre Globo

Flamengo e Fluminense seguem caminhos distintos

Flamengo e Fluminense seguem caminhos distintos

A oferta pública de R$ 100 milhões feita pela Record ao Flamengo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, por mais que não seja levada adiante, serviu para evidenciar a situação dos clubes do Rio de Janeiro. O movimento inicial, que pregava a união dos cariocas em prol de melhores resultados, já dá sinais de ter acabado.

O Fluminense, por exemplo, já possui acordo firmado com a Rede Globo, segundo apurou a Máquina do Esporte. O acerto ainda não foi oficializado, como fez Paulo Odone, presidente gremista, mas já não há dúvidas de que o atual campeão brasileiro seguirá com a emissora carioca. O Flamengo, por sua vez, ainda avalia a situação.

A presidente Patricia Amorim foi incumbida pelo conselho deliberativo de escolher entre as ofertas feitas por Globo e Record. Ao contrário do Fluminense, até o momento, o clube rubro-negro não tem acordo com nenhuma das emissoras e irá submeter as propostas a tr"mite que envolve Michel Levy, vice-presidente de finanças, e o conselho fiscal.

Paraná

A vários quilômetros de dist"ncia, o Coritiba é mais um clube que acertou a venda dos direitos televisivos à Globo. Com o negócio fechado entre o canal e os paranaenses, cresce a lista de equipes que já estão com acordos firmados. Em alguns casos, a valorização dos contratos supera os 50% em relação aos contratos anteriores.

Leia mais:

Com R$ 100 mi, Record desperta curiosidade do Fla