Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

CBF rompe com a FBA e assume a Série B

CBF rompe com a FBA e assume a Série B

Redação em São Paulo - SP Publicado em 31/03/2009, às 07h00 - Atualizado às 10h00

Terminou na noite da última segunda-feira, unilateralmente, a relação entre a Confederação Brasileira de Futebol e a Futebol Brasil Associados, que geria a segunda divisão do Campeonato Brasileiro desde 2002. Sem divulgar motivos, a confederação nacional resolveu descartar a entidade e assumir a competição. Segundo comunicado divulgado no site oficial da CBF, a decisão de romper com a FBA foi tomada em reunião com representantes dos 20 clubes que disputarão a Série B deste ano. Além disso, estiveram no encontro o presidente da entidade nacional, Ricardo Teixeira, o diretor-técnico Virgílio Elísio e o diretor da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. A relação entre clubes e a FBA começou a se deteriorar por conta da insatisfação de muitos com a divisão de cotas de direitos televisivos da Série B. O Vasco, rebaixado no ano passado, foi o primeiro a romper com a entidade. Somou-se à insatisfação das equipes uma disputa entre a FBA e a CBF por contratos publicitários. A entidade que geria a Série B desde 2002 tem acordos vigentes com empresas concorrentes dos patrocinadores oficiais da instituição nacional. "Temos contratos com a Nova Schin, com a Penalty, e muitos outros para as placas [de publicidade estática]. Ai que está o grande nó?, confirmou José Neves Filho, presidente da FBA, em entrevista ao ?UOL Esporte?. A FBA ainda não foi informada oficialmente, mas o comunicado oficial publicado no site da CBF coloca a entidade nacional como a única gestora da Série B a partir desta temporada.