CBT pretende anunciar Olympikus em dezembro

Entidade vinha sem fornecedor há três anos, mas fechou com OLK

Entidade vinha sem fornecedor há três anos, mas fechou com OLK

O acerto entre Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e Olympikus, marca do grupo Vulcabras/Azaleia, está mais do que apalavrado. Apesar de o contrato ainda estar sendo finalizado pelos departamentos jurídicos, as negociações foram encerradas e o acordo será válido entre 2012 e 2016, ano de Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

A expectativa de ambas as partes é oficializar a empresa como nova fornecedora de materiais esportivos no Correios Brasil Masters Cup, torneio que ocorrerá no início de dezembro. O anúncio só não irá acontecer nessa época caso as peças, a serem usadas por atletas que representarão o Brasil internacionalmente, não estiverem prontas.

Por essa razão, embora o contrato ainda esteja sendo concluído, já há reuniões regulares entre membros da confederação e da fabricante, no intuito de preparar o design das vestimentas em tempo. As informações foram confirmadas tanto pela Olympikus quanto pela entidade, que simultaneamente se preparam para fazer formalizá-las no fim do ano.

Com a chegada da marca, o tênis encerra hiato de três anos sem fornecedor de artigos esportivos. O último contrato mantido pela CBT dessa natureza havia sido fechado com a Compenion, mas não houve interesse na continuidade da parceria à época. Desde então, propostas, inclusive da Nike, não agradaram a confederação.

Leia mais:

CBT está próxima de fechar com Olympikus