Ceará oscila em lucro com bilheterias no Estadual

Ingressos mais baratos não atraíram público contra Guarani-CE

Ingressos mais baratos não atraíram público contra Guarani-CE

A regularidade mantida pelo Ceará na arrecadação com bilheterias durante o Campeonato Brasileiro, em 2011, ainda não se repetiu no Campeonato Cearense. Com três jogos, o clube venceu dois e empatou um, mas coletou resultados distintos com ingressos, como lucros de R$ 3,3 mil contra o Guarani-CE e R$ 57 mil contra o Quixadá.

O torneio do Ceará foi um dos primeiros a começar no Brasil. O time alvinegro jogou a primeira partida já em 13 de janeiro, quando parte dos clubes da primeira divisão ainda estava em início de pré-temporada, e viu apenas 10,6 mil pessoas irem ao estádio para assistir à estreia contra o Limoeiro - na ocasião, foram embolsados cerca de R$ 39 mil.

Curiosamente, o valor médio do tíquete está diretamente relacionado ao montante lucrado. Contra o Guarani-CE, ponto mais baixo, o ingresso médio custou R$ 6,25, enquanto Quixadá (R$ 10,47) e Limoeiro (R$ 9,2) tiveram números superiores. Em outras palavras, entradas mais baratas fizeram o público cair e o lucro obtido oscilar.