Com decisão, Santos passa Corinthians no Ibope

Na última quarta-feira, o Santos entrou em campo para a primeira partida da decisão da Copa Santander Libertadores, contra o Peñarol, em Montevidéu. Apesar do placar em branco, o jogo foi tenso, e a audiência acompanhou a import"ncia da partida. Com isso, a Globo finalmente quebrou a marca obtida com o Corinthians neste ano.

Peñarol e Santos conseguiram 33 pontos de média pela rede Globo, o que fez com que a emissora conseguisse o seu melhor Ibope na Libertadores neste ano. Até então, o recorde pertencia à partida entre Tolima e Corinthians, que teve 30 pontos de média; aquele havia sido o segundo duelo da competição transmitido pela Globo.

O número, no entanto, ainda fica abaixo dos melhores índices alcançados em 2010, mesmo sem nenhum time paulista ter chegado à decisão do torneio naquele ano. Corinthians e Flamengo, nas oitavas de final, tiveram 42 pontos de média. Já o duelo entre São Paulo e Internacional, na semifinal, chegou a 37 pontos.

Entre clubes o recorde no esporte da Globo permanece com o clássico entre Palmeiras e Corinthians, pela semifinal do Campeonato Paulista, com 34 pontos de média. Na última quarta-feira, a despedida de Ronaldo pela seleção brasileira fez a média chegar a 36 pontos, melhor Ibope esportivo do ano na televisão brasileira.

Sem direito de transmissão da Copa Libertadores, a Bandeirantes, que normalmente compete com o esporte no horário, teve que optar por um filme, precisamente “Quatro Casamentos e um Funeral”. Com a escolha, teve apenas dois pontos de média no Ibope.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.