Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Com Felipão, Palmeiras amplia cotas para treinador

Redação Publicado em 02/07/2010, às 13h38

Campeão mundial com a seleção brasileira em 2002, o técnico Luiz Felipe Scolari é a principal contratação do Palmeiras para o segundo semestre deste ano. Para ter de volta o comandante do título da Copa Libertadores de 1999, porém, o clube paulista precisou ampliar o número de cotas em sua camisa de treinador.

O Palmeiras começou a explorar publicidade nesse espaço no ano passado, quando colocou a empresa de seguros Unimed no uniforme de seus técnicos. Na época, essa foi uma saída encontrada pelo clube, que havia fechado com a companhia um aporte aos calções de jogo, propriedade que pertencia à Samsung.

Para ter Scolari, o Palmeiras deve ampliar a quantidade de marcas expostas no uniforme do técnico. Segundo o jornal “Lance!”, o clube fechou com o banco Banif e ainda pretende colocar mais uma empresa no espaço.

O patrocínio ao uniforme de treinador do Palmeiras independe de quem ocupe o cargo. A Unimed, por exemplo, apareceu no espaço com Muricy Ramalho, Antonio Carlos e o interino Jorge Parraga.

No caso do novo treinador, o Banif será um dos investidores para o Palmeiras bancar seus salários. O banco deve pagar R$ 1 milhão mensal à equipe alviverde para a contratação do comandante.

O aumento do número de cotas no uniforme também foi uma das principais apostas do Corinthians no fim de 2009, quando o clube contratou o atacante Ronaldo. Na época, o jogador acertou contrato para receber participação de até 80% nesses acordos.