Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Com MyCujoo e Facebook, Copinha terá 100% dos jogos exibidos

Estratégia de usar streaming tem sido usada pela FPF para pulverizar torneio

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 23/12/2019, às 08h30 - Atualizado às 11h30

Imagem Com MyCujoo e Facebook, Copinha terá 100% dos jogos exibidos

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciará nesta segunda-feira (23) que a Copa São Paulo de Futebol Júnior terá, pela primeira vez, todos os jogos transmitidos ao vivo para o torcedor. As 255 partidas da competição poderão ser vistas graças a acordos com duas plataformas de streaming: MyCujoo e Facebook.

A FPF fechou com cinco diferentes empresas os direitos de transmissão do torneio. Grupo Globo, TV Cultura e Rede Vida serão responsáveis por mostrar o torneio na TV. MyCujoo e Facebook exibirão partidas via streaming. A rede social de Mark Zuckerberg foi a última a assinar o acordo que levará os 255 jogos ao torcedor.

Serão 24 jogos exclusivos da Copinha transmitidos pelo Watch, a partir das páginas oficiais da Federação Paulista de Futebol e da Copinha 2020, que será criada especialmente para essas transmissões. Entre as equipes que terão partidas exibidas na plataforma estão Atlético-MG, Bahia, Internacional e Santos.

O São Paulo é o atual campeão da Copinha (Foto: Reprodução)

O negócio representa o aumento do interesse do Facebook por eventos ao vivo. A rede social também foi quem exibiu, além da ESPN, a conquista inédita do Mundial de Surfe (WSL) por Ítalo Ferreira, na última semana. Além disso, detém direitos sobre partidas da Champions League, da Copa Libertadores e do NBB.

Com a rede social, haverá também a ampliação do peso do streaming na distribuição dos jogos transmitidos pela Copinha. Serão mais de 150 jogos distribuídos entre MyCujoo e Facebook, enquanto quase 100 partidas estarão no SporTV (único a exibir o torneio na TV paga) e na TV aberta com Globo, Cultura e Rede Vida.

Os acordos reforçam a importância que a Copinha tem tido nos planos da FPF. Há três temporadas, a federação tem encontrado, no streaming, o caminho para ampliar a exposição de torneios que têm menor apelo de audiência para a TV. A competição júnior foi a primeira a buscar, no streaming, maior pulverização. Até o início deste ano, porém, o campeonato estava restrito ao MyCujoo, que foi o responsável por ampliar a visibilidade da Copinha há duas temporadas. A plataforma de vídeos gratuitos de futebol fechou um acordo válido para o ano de 2020.

Ao mesmo tempo que o streaming ganhou mais peso na competição, o Grupo Globo assegurou, por mais três temporadas, os direitos sobre o torneio. O novo acordo, que envolve TV aberta, fechada e o site Globo.com, é válido até 2022. Com isso, a Globo continua como principal parceira e financiadora da Copinha, com mais de 30 anos como emissora oficial da competição de categorias de base mais conhecida do país.