Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Com protagonismo do VAR, Federação do RJ vende patrocínios

Ferj fechou dois acordos para uniforme da arbitragem para final deste domingo (21)

Wagner Giannella - São Paulo (SP) Publicado em 18/04/2019, às 07h21 - Atualizado às 10h21

Imagem Com protagonismo do VAR, Federação do RJ vende patrocínios

Os árbitros estão em evidência como propriedade comercial no futebol brasileiro. E, com a exposição em alta, as federações têm buscado um recurso mais comum entre os clubes: os aportes pontuais. Foi essa a estratégia usada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para a final do Estadual do Rio, entre Flamengo e Vasco, no próximo domingo (21).

Para a partida decisiva do torneio, a Ferj fechou acordos pontuais com a seguradora Assure e a marca de moda feminina Enjoy. Ambas estarão nas mangas dos árbitros da partida. A entidade ainda deve fechar com uma terceira empresa, já que existem negociações para um aporte no peito da camisa dos juízes.

A Ferj ainda tenta, mas sem algo encaminhado por ora, a propriedade mais nova deste início de ano: o VAR. O sistema de vídeo da arbitragem tem tido patrocínio exclusivo em outros torneios. No Campeonato Paulista, por exemplo, a Sky mantém a propriedade. No ano passado, a TCL fechou com o espaço para a Copa do Brasil. E a marca chinesa já acertou também para ter o aporte na Copa América deste ano.

Foto: Divulgação

Mesmo sem ter algo específico para o VAR, a nova ferramenta tem valorizado a arbitragem como meio de exposição. Isso porque as câmeras de televisão focam no árbitro em momentos-chave da partida, ao olhar a tela em campo ou mesmo ao colocar o dedo no ouvido para esperar a decisão dos auxiliares.

Caso a Ferj acerte com uma marca para o peito da camisa, os árbitros do Rio terão três empresas no uniforme, além da fornecedora de material esportivo. É o que acontece atualmente em São Paulo, com a AOC nas costas, a Odontocompany no peito e a Sky nas mangas, além do patrocínio específico ao VAR.