Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Companhia ferroviária fecha com a Fifa e é terceiro aporte russo à Copa

Russian Railways junta-se a Alfa-Bank e Rostelecom como apoiadores regionais

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 05/04/2018, às 12h04

Imagem Companhia ferroviária fecha com a Fifa e é terceiro aporte russo à Copa

A companhia ferroviária Russian Railways foi anunciada nesta quinta-feira (5) como nova patrocinadora regional da Copa do Mundo. Agora, a pouco mais de dois meses do início da competição, são três as empresas russas vinculadas especificamente ao Mundial, já que o banco privado Alfa-Bank e a Rostelecom, empresa de telecomunicação líder no segmento de banda larga e TV por assinatura no país, já haviam fechado com a Fifa.

Foto: Reprodução / Site (fifa.com)

O contrato foi assinado por Oleg Belozerov, diretor geral e presidente do Conselho de Administração da Russian Railways; Philippe Le Floc’h, diretor comercial da Fifa; e Iain Downie, diretor de vendas e estratégia de marketing da Fifa.

De acordo com a Fifa, a Russian Railways terá um papel fundamental na operação de transporte durante os jogos da Copa do Mundo. Os torcedores já reservaram metade dos 440 mil lugares que estarão disponíveis de forma gratuita para os portadores de bilhetes que forem viajar entre as cidades-sede.

No total, 728 viagens adicionais de longa distância em 31 rotas diferentes foram programadas entre o jogo de abertura e a final. Os ingressos gratuitos podem ser encomendados no site tickets.transport2018.com. No entanto, os candidatos devem ter comprado ingressos para as partidas e feito um FAN ID (Identidade do Torcedor), documento obrigatório que será cobrado de todos os torcedores para entrar nos estádios que abrigarão partidas da Copa do Mundo de 2018.

Uma das maiores companhias ferroviárias do mundo, com mais de 1,2 milhão de funcionários, a Russian Railways também é responsável pela operação das 31 estações de trem localizadas nas 11 cidades-sede.

Agora, a Fifa conta com 16 empresas ligadas diretamente à Copa do Mundo. Os patrocinadores da própria entidade são Adidas, Coca-Cola, Gazprom, Qatar Airways, Hyundai-Kia, Visa e o grupo chinês Wanda. Além deles, os apoiadores apenas do Mundial são Budweiser, McDonald's, e os chineses Hisense, Mengniu e Vivo.

Por fim, quatro marcas fecharam acordos regionais: as três russas (Alfa-Bank, Rostelecom e Russian Railways) para o mercado europeu e a chinesa Yadea para o mercado asiático.