Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Copa da África atrasa divulgação de 2014

Copa da África atrasa divulgação de 2014

Erich Beting e Guilherme Costa em São Paulo - SP Publicado em 12/03/2009, às 09h00 - Atualizado às 12h00

Na última semana, a Fifa fez dois comunicados em tom de alerta à África do Sul sobre a Copa do Mundo de 2010: solicitou alterações no plano de marketing e reclamou da concentração de pedidos de ingressos entre os torcedores de outros países. Contudo, esses avisos não fizeram o Brasil antecipar a programação de promoção para o Mundial seguinte. O que acontece é exatamente o contrário. Diante dos problemas no planejamento de comunicação da África do Sul e da iminência do próximo Mundial, o comitê organizador da Copa de 2014 resolveu silenciar. A promoção só será intensificada após o término da próxima edição do torneio. ?Nós temos um projeto sólido, mas só começaremos a trabalhar em cima dele quando terminar a Copa de 10. Antecipação maior não existe?, resumiu Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol e do comitê organizador. A explicação básica para a morosidade atual dos brasileiros é evitar a criação de uma pressão sobre a África do Sul. O país-sede da próxima Copa do Mundo enfrenta muitos problemas com atrasos de obras e a ausência de um clima voltado ao torneio, segundo a própria Fifa. Para Ricardo Teixeira, porém, esses problemas são comuns no atual estágio: ?Basta vocês lembrarem da Copa do Mundo da Alemanha. O país ainda era um canteiro de obras um ano antes, quando foi realizado o sorteio. E o sorteio para a Copa de 14 acontece apenas em 13?. Além de evitar rusgas com a África do Sul, o discurso de Teixeira representa um aviso sobre o andamento das iniciativas voltadas ao Mundial de 2014. O dirigente tem procurado demonstrar que as obras e promoções serão feitas dentro de um cronograma rígido, sem muita antecipação. ?A Fifa é uma entidade que já fez várias Copas e está acostumada com a evolução. Eles estão fazendo agora a da África do Sul, farão a do Brasil e recentemente fizeram a da Alemanha. Confio muito no projeto?, sentenciou o dirigente.