Copa Sul-Americana “estreia” em baixa na audiência

Lucas celebra, mas audiência não foi boa

Lucas celebra, mas audiência não foi boa

Pela primeira vez neste ano, a Copa Bridgestone Sul-Americana foi transmitida na televisão aberta para São Paulo. O segundo jogo entre São Paulo e Ceará foi exibido pela rede Globo e pela Bandeirantes, mas, comparado com as partida válidas pelo Campeonato Brasileiro, o Ibope teve queda.

A vitória e classificação do São Paulo frente ao rival cearense renderam à rede Globo 17 pontos de audiência, enquanto a rede Bandeirantes teve seis pontos de média. Em uma quarta-feira, nenhuma partida do Campeonato Brasileiro teve uma soma de Ibope tão baixa.

Com o Nacional, a média da emissora carioca no horário tem sido de 25 pontos. Na Bandeirantes, a dist"ncia não foi tão acentuada. A média das quartas-feiras com o Campeonato Brasileiro é de 6,1.

Na semana da primeira partida entre Ceará e São Paulo, as emissoras optaram por exibir para São Paulo o clássico entre Santos e Corinthians. Mesmo com o 0 a 0 no placar, a partida teve 26 pontos de média na Globo e sete na Bandeirantes.

A baixa popularidade do torneio sul-americano foi sentida até mesmo nas arquibancadas do Morumbi. Para conseguir o público de 23 mil pessoas, a diretoria do São Paulo apelou para uma promoção dos ingressos, que foram vendidos até por R$ 5,00.

Liga dos Campeões

A Liga dos Campeões da Europa ganhou um ponto com uma partida decisiva. O duelo entre Udinese e Arsenal, válido pelo segundo jogo de qualificação, deu à Bandeirantes quatro pontos de média. Uma semana antes, a primeira partida entre Bayern de Munique e Zurique teve apenas três pontos de média.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.