Corinthians vence, mas turbina lucro são-paulino

Alessandro e Fernandão disputam bola em clássico no Morumbi

Alessandro e Fernandão disputam bola em clássico no Morumbi

O São Paulo está há quase quatro anos sem vencer o Corinthians, com sete derrotas e quatro empates, mas pode se consolar com a quantia lucrada em bilheterias. Durante o clássico do último domingo (7), válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando perdeu por 2 a 0, o time tricolor embolsou R$ 989 mil, valor 473% superior a sua média no torneio.

O desempenho registrado diante do rival alvinegro foi o melhor do campeonato para o São Paulo, que teve lucro médio de R$ 172 mil nas 14 partidas devidamente publicadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Até então, o maior lucro havia sido obtido diante do Santos, na 30ª rodada, com R$ 514 mil amealhados.

O clássico entre São Paulo e Corinthians no último domingo foi realizado no Morumbi, estádio da equipe tricolor. Por ser visitante, o time do Parque São Jorge teve direito a apenas 5% da carga total de ingressos para o jogo.

Além de o jogo ter sido contra um rival tradicional, o São Paulo estava embalado por duas vitórias nas rodadas anteriores, a última delas sobre o Cruzeiro, e tinha conseguido se aproximar da faixa que dá vagas na próxima edição da Copa Libertadores. Agora, a diferença do time tricolor para o Botafogo, atual quarto colocado, é de cinco pontos.

Por ora, apesar de distante da zona de classificação à Copa Santander Libertadores de 2011, o São Paulo pôde se gabar por ter tido o melhor desempenho nas bilheterias da última rodada. E com larga diferença: depois do time paulista, completam a lista dos cinco maiores lucros Vitória (R$ 185 mil), Atlético-GO (R$ 48 mil), Fluminense (R$ 37 mil) e Vasco (R$ 28 mil).

Entre paulistas, o Grêmio Prudente registrou o pior número da rodada – prejuízo de R$ 23 mil –, e o Palmeiras lucrou somente R$ 9,7 mil. O primeiro venceu o Goiás por 4 a 1, enquanto o segundo ganhou do Guarani por 1 a 0.