Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Crefisa promete renovar com Palmeiras por mais três anos

Declaração foi dada por Leila Pereira logo após confirmação do título do Brasileirão

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 26/11/2018, às 07h58 - Atualizado às 09h58

Imagem Crefisa promete renovar com Palmeiras por mais três anos

Logo após a confirmação do título brasileiro para o Palmeiras, a dona da Crefisa, Leila Pereira, prometeu que vai renovar o contrato de patrocínio ao clube por mais três anos. A executiva falou com jornalistas ainda no estádio São Januário, após o time bater o Vasco e se consagrar campeão.

A dona da Crefisa exaltou os títulos recentes conquistados pelo Palmeiras para dizer que a parceria é de "extremo sucesso". Com o aporte da empresa, o time paulista chegou ao segundo título brasileiro, além de uma taça da Copa do Brasil.

Foto: Reprodução

Leila Pereira também reforçou que a iniciativa está diretamente relacionada com a reeleição do presidente Maurício Galiotte; o mandatário venceu as eleições do clube no fim de semana. A executiva e o dirigente mantêm relações próximas.

Durante as eleições do clube, por sinal, a parceria com a Crefisa esteve em evidência. A oposição do Palmeiras chegou a garantir ter um patrocínio encaminhado que pagaria ainda mais ao time. A ideia, claro, era enfraquecer a força que Galiotte mantém ao ser o homem de confiança de Leila Pereira dentro da agremiação.

Galiotte foi um dos responsáveis por dar mais poder à executiva dentro do clube, com manobra que permitiu que Pereira conseguisse um cargo de conselheira dentro do Palmeiras, algo que irritou alguns dos dirigentes do time.

Com o anúncio, a tendência é que os atuais termos sejam mantidos. Atualmente, a Crefisa paga R$ 78 milhões anuais ao time paulista, em acordo que engloba todas as propriedades do uniforme palmeirense. Além da Crefisa, Leila Pereira usa a FAM no aporte ao clube; a instituição de ensino faz parte do mesmo grupo.