Cruzeiro planeja franquias e loja voltada para exterior

Clube contará com empresas para lançar franquias e loja na internas

Clube contará com empresas para lançar franquias e loja na internas

Enquanto o departamento de marketing do Cruzeiro empenha esforços na organização das eleições presidenciais, alguns negócios específicos foram adiados até a escolha do novo mandatário. O planejamento prevê o lançamento de lojas oficiais em formato de franquia e de comércio eletrônico, com foco no mercado estrangeiro.

Ambas as ações necessitam da atuação de empresa terceirizada, e as propostas estão chegando. A SPR Franquias, atual gestora das redes de Corinthians, São Paulo e Vasco, demonstrou interesse e deixou oferta nas mãos do Cruzeiro. Ainda há interesse de uma empresa carioca, que também está concorrendo com a SPR no Flamengo.

Como as possibilidades envolvem valores na ordem de alguns milhões de reais e contratos de até dez anos de duração, o marketing optou por não se posicionar em relação a nenhum deles por ora. Assim que o novo presidente for definido, em eleições que estão marcadas para o dia 3 de outubro, o Cruzeiro voltará a negociar as franquias.

Para o próximo mês de outubro, também está agendada a apresentação de outro meio de comércio, dessa vez eletrônico. O clube celeste pretende lançar loja voltada para o público que reside fora do Brasil, uma vez que já possui site que atende brasileiros gerido pela Netshoes, novamente depois da escolha do futuro presidente.

A loja na internet também precisará da presença de empresa terceirizada para desenvolver o projeto, bem como a Netshoes fez para o mercado brasileiro. Essa empresa, com atuação em 150 países, terá o nome mantido em sigilo até o fim das negociações, que, atualmente, estão nos tr"mites finais, prestes a serem concluídas.

Esses negócios voltarão à pauta cruzeirense, no entanto, caso a situação, representada pela chapa de Gilvan Tavares, vença o pleito. Caso a oposição consiga chegar à presidência, comandada por Alberto Rodrigues, o processo para estruturar o clube deverá levar mais tempo, algo que adiaria novamente essas definições.