Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

De olho em Tóquio 2020, Visa fecha patrocínio a paralímpicos

Marca anunciou aportes a cinco atletas de países e modalidades diferentes

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 29/08/2019, às 13h50

Imagem De olho em Tóquio 2020, Visa fecha patrocínio a paralímpicos

A Visa anunciou, nesta quinta-feira (29), o patrocínio a paratletas que estão treinando para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 em um momento de crescente expectativa e interesse nas competições paradesportivas por conta da disputa dos Jogos Parapan-Americanos. A um ano do evento, a marca, que é parceira oficial de serviços de pagamento dos Jogos Paralímpicos e parceira paralímpica ouro de Tóquio 2020, adicionou cinco atletas paralímpicos ao chamado Team Visa.

Multicampeão paralímpico Daniel Dias faz parte do Team Visa mais uma vez (Foto: Divulgação / Visa)

Além do astro paralímpico brasileiro Daniel Dias, da natação, que teve seu acordo renovado no final do mês passado, a Visa ainda renovou com a americana Oksana Masters (esquicross-country, biatlo e remo), e também passou a patrocinar a canadense Aurélie Rivard (natação) e os japoneses Monika Seryu (canoagem) e Hajimu Ashida (atletismo).

"É incrível fazer parte do Team Visa e ter uma parceira como a Visa apoiando e acreditando em você", disse Oksana Masters, que já foi medalhista nas três modalidades em que compete.

"Os Jogos Paralímpicos são uma oportunidade imensa para atletas dedicados lutarem por seus sonhos dentro e fora das arenas. Esses atletas superam barreiras todos os dias e são um símbolo incrível do que a Visa representa como marca. É um orgulho expandir nosso apoio a atletas dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020", afirmou Lynne Biggar, diretora de marketing e comunicação da Visa.

O apoio a atletas olímpicos e paralímpicos também se estende à liderança fora das arenas de competição. A empresa desenvolve o Olympian and Paralympian Business Development Program, que dá a atletas como a campeã de natação e ciclismo Kelly Crowley a oportunidade inédita de conhecer diferentes partes do negócio da Visa.

"O programa da Visa é um testemunho de como as habilidades mentais necessárias para vencer uma competição de elite podem ser usadas em um ambiente empresarial. Estamos ansiosos pela chegada de Tóquio 2020, visto que os Jogos Paralímpicos são outro ponto importante do compromisso da Visa", revelou Crowley, medalhista paralímpica, que atualmente trabalha na equipe de aquisição de talentos da marca.

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 serão disputados por cerca de 4.400 atletas, que competirão em 537 eventos por medalhas. A expectativa é por mais um recorde de audiência, uma vez que, em 2016, a edição do Rio de Janeiro bateu os índices históricos, sendo acompanhada por 4,1 bilhões de espectadores.