Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Dono do PSG investirá mais € 316 milhões no clube

Clube francês é atualmente um dos mais ricos da Europa e do mundo

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 27/09/2018, às 10h28

Imagem Dono do PSG investirá mais € 316 milhões no clube

Há um ditado por aí que diz que dinheiro chama dinheiro, certo? Pois esse ditado parece ser levado a sério no Paris Saint-Germain. Isso porque Nasser Ghanim Al-Khelaifi, dono do clube francês, teria prometido investir mais € 316 milhões em breve. As informações são da empresa francesa de mídia digital Wansquare.

Foto: Reprodução

De acordo com a publicação, a Qatar Sports Investments (QSI), braço esportivo do Qatar Investment Authority (QIA), fundo criado pelo governo do país asiático para investir em diversos projetos espalhados pelo mundo e que é comandado por Al-Khelaifi, quer injetar ainda mais dinheiro em seu principal investimento para alcançar objetivos maiores o mais rápido possível. Sabe-se que o principal deles é a conquista da Liga dos Campeões da Uefa.

A imprensa francesa, no entanto, sempre que surge o assunto sobre dinheiro no Paris Saint-Germain, fica reticente. O motivo são os resultados operacionais do clube no ano passado, quando o PSG fechou com um déficit de € 18,4 milhões e uma perda de lucro de € 6,8 milhões, embora o número de 2016 tenha sido ainda pior (€ 8,2 milhões).

Vale lembrar que, em 2017, o clube francês foi o responsável pela contratação mais cara da história do futebol (Neymar, por € 222 milhões) e ainda fechou com a estrela nacional Kylian Mbappé, por € 145 milhões.

Especula-se que, como o objetivo principal não foi alcançado e o time ainda começou com uma derrota na Liga dos Campeões desta temporada frente ao Liverpool, ficou decidido injetar mais dinheiro. Para se ter uma ideia do valor citado pela Wansquare, o QSI fechou a compra do PSG em 2011 por € 50 milhões, seis vezes menos do que pretende investir nos próximos meses.