Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Facebook deixa de ter Libertadores exclusiva em nove países

Conmebol decidiu que Facebook Watch passará a dividir jogos com Fox Sports

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 09/04/2019, às 07h52 - Atualizado às 10h52

Imagem Facebook deixa de ter Libertadores exclusiva em nove países

Anunciada como grande novidade para a atual temporada, a transmissão exclusiva de jogos da Libertadores pelo Facebook não acontecerá mais na América Hispânica (países que falam o idioma espanhol) e pode também deixar o Brasil.

A Conmebol divulgou um comunicado na noite desta segunda-feira (8) em que anunciou o fim dos jogos exclusivos pela rede social. Para compensar a mudança, a entidade aumentou a quantidade de jogos a que o Facebook terá direito.

Em parceria com o Fox Sports, a Libertadores terá 46 partidas exibidas pela plataforma Facebook Watch. No contrato que previa a exclusividade, eram 28 jogos transmitidos no streaming. As partidas serão agora divididas com o Fox Sports.

A iniciativa passa a valer a partir desta terça-feira (9), com jogos exibidos na página da Libertadores e do próprio Fox Sports no Facebook. A transmissão valerá para Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Foto: Reprodução / Facebook (@CopaLibertadores)

No mercado brasileiro, não houve alteração. Segundo publicou o jornal "Folha de S.Paulo", há uma negociação em curso para que a medida chegue ao país, com a mesma fórmula aplicada nos vizinhos de língua espanhola. O Brasil é, hoje, um dos mercados principais de aposta do Facebook para a transmissão de jogos ao vivo.

"O comportamento do consumidor está mudando, e queremos ajudar a trazer essa mudança e essa inovação para o ecossistema esportivo da América Latina. Nossa experiência nos mostrou que adicionar mais partidas pode facilitar uma melhor adoção da mudança", justificou o diretor de alianças esportivas do Facebook, Leonardo Lenz, em nota divulgada no site oficial da Conmebol.

O Facebook tem contrato com a entidade sul-americana até 2022.