Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Globo breca Heineken e exibirá UCL

Globo breca Heineken e exibirá UCL

Erich Beting em São Paulo - SP Publicado em 16/03/2009, às 15h00

Uma mudança mundial de regras, determinada na última sexta-feira, fez com que, no apagar das luzes, o Brasil assistisse a uma reviravolta na cessão dos direitos de transmissão do principal torneio interclubes do mundo. A partir da temporada 2009-2010, a Globo será a nova detentora dos direitos de exibição da Liga dos Campeões da Europa para a TV aberta.

A confirmação foi feita pela Uefa nesta segunda-feira, após a entidade máxima do futebol europeu decidir abrir uma brecha nas regras de venda dos direitos da Liga dos Campeões. Nos jogos que serão exibidos pela Globo, a Heineken, principal patrocinadora da competição, não poderá exibir sua logomarca e também não fará o comercial que antecede as transmissões do evento, práticas que se tornaram praxe em todo o mundo.

"Havia um problema em relação à Heineken e, por isso, não tínhamos o interesse em exibir o torneio. Mas agora essa questão foi resolvida e decidimos transmitir a Liga dos Campeões, que também será repassada à Band", afirmou à Máquina do Esporte o diretor executivo da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto, que é o responsável pela negociação dos direitos de transmissão da emissora carioca.

As bases do acordo não foram divulgadas. Pelo contrato, a Globo terá direito a exibir as partidas das quartas-feiras da Liga, enquanto que os jogos das terças-feiras serão exibidos pela TV Esporte Interativo. Na TV fechada, a transmissão segue com a ESPN.

A emissora carioca, porém, só está obrigada a exibir as partidas de semifinal e a final do torneio. Os outros jogos serão exibidos a princípio na Band, mas a Globo tem a preferência de escolha de uma partida da quarta-feira para exibir, dependendo do seu interesse.

Segundo Campos Pinto, por trás da aquisição dos direitos está todo um projeto da Globo de ajudar a promover a Liga dos Campeões no Brasil.

"A Uefa estava insatisfeita com os índices de audiência e com a baixa promoção da competição. Por isso que conseguimos esse acordo, já que faremos um amplo trabalho para aumentar a exposição do torneio no país".

Nos últimos dois anos, a Liga dos Campeões tem sido exibida, na TV aberta, pela Record. Na emissora paulista, os índices de audiência chegam a picos de 15 pontos na medição do Ibope, alçando a Record para o segundo lugar no ranking de audiência da TV aberta no horário, atrás da Globo.

Com a entrada da emissora carioca, a expectativa é de que a transmissão atinja níveis ainda mais altos de audiência. Na temporada 2005-2006, quando foi transmitida pela Band, a Liga dos Campeões chegou a dar média de 15 pontos no Ibope em algumas partidas, recorde de audiência do evento no país.

O acordo representa, também, mais uma vitória da Globo na disputa travada com a Record pela aquisição dos principais eventos esportivos do mundo. Depois de ver mudar de mão a transmissão dos Jogos Olímpicos de 2012, a emissora carioca conseguiu manter até 2014 o contrato com a Fifa para a Copa do Mundo de futebol e, agora, tirou da rival paulista a exibição do torneio europeu.