Globo sobe audiência de UFC no Brasil

Cigano venceu, e Globo conseguiu 13,7 pontos de média

Cigano venceu, e Globo conseguiu 13,7 pontos de média

Na madrugada do último sábado para domingo, a Rede Globo fez a sua estreia com os direitos de transmissão do UFC. Com seu principal narrador, Galvão Bueno, a programação entrou no ar após a meia noite, mas a rápida luta de Junior “Cigano” dos Santos rendeu alta na audiência.

Durante a luta entre o brasileiro e o então invicto Cain Velazquez, a emissora carioca conseguiu uma média de 13,7 pontos na audiência. O valor é superior ao pico alcançado pela RedeTV! em agosto, quando foi realizado o UFC no Rio de Janeiro.

Na ocasião, a RedeTV! transmitiu todo o evento que envolvia as principais lutas. Com uma programação de cerca de duas horas, conseguiu média de 10 pontos. Os duelos se iniciaram às 22 horas de um sábado.

O ponto alto da emissora paulista foi durante a apresentação do brasileiro Anderson Silva, que entrou um pouco antes da meia noite. Com pico de 13,4 pontos, a emissora conseguiu a liderança da audiência no horário.

Na Globo, a média foi superior ao pico da RedeTV!, mesmo um pouco mais tarde na programação. A diferença do último domingo foi a duração do evento transmitido. A luta, iniciada à meia noite e meia, teve menos de dois minutos de duração.

Com a média de Ibope, a Globo conseguiu a liderança isolada no horário. Durante a luta de Cigano, a Record ficou em segundo lugar, com apenas 6,6 pontos de média.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.