Itaipava terá naming right de Indy em São Paulo

Fórmula Indy em São Paulo, em 2010

Fórmula Indy em São Paulo, em 2010

A Itaipava anunciou nesta terça-feira que irá ampliar os seus investimentos no automobilismo e, como maior destaque, será patrocinadora da etapa paulistana da Fórmula Indy, que acontecerá no primeiro dia de maio, no Anhembi Parque. Com o novo acordo, a prova passa a se chamar Itaipava São Paulo Indy 300.

Para Douglas Costa, gerente de marketing do Grupo Petrópolis, que detém a marca Itaipava, a intenção das ações é aumentar o alcance da visibilidade que a marca poderá atingir, em especial no território brasileiro. “Faremos relacionamento na corrida, com camarotes e eventos. Mas o foco principal é exposição de marca”, afirmou.

Para ampliar o seu poder de exposição, a Itaiava também irá apostar em mídia, com anúncios durante toda a temporada na Bandeirantes, emissora que detém os direitos de transmissão da Indy. A esperança da empresa é que o canal exiba na íntegra todas as corridas da temporada; em 2010, a etapa em São Paulo teve grande atenção da emissora, que não prestigiou da mesma forma a competição em outros momentos.

Para o grupo Petrópolis, a verba destinada em mídia não se limitou às propriedades na rede Bandeirantes. A compra do naming right da etapa da Indy em São Paulo também foi considerada mídia, e não entrou no orçamento da empresa destinado a patrocínios no automobilismo.

Com patrocínios a pilotos e a competições, como a Itaipava GP Brasil, o grupo investiu R$ 20 milhões para 2011. A conta, no entanto, não inclui o aporte à corrida em São Paulo; ela está no pacote de R$ 112 milhões destinado ao marketing do Petrópolis.

Investimentos em automobilismo já não são novidades para marcas como Itaipava, TNT e Crystal. O grupo Petrópolis tem patrocinado segmento desde 2007, o que inclui Stock Car, Fórmula Truck e até a Fórmula 1, em 2010. O avanço pela Indy, no entanto, é mais recente, e se deve a uma aposta de que a categoria será ampliada no Brasil.

“Vemos que com a corrida em São Paulo e com a possibilidade de uma segunda prova no país, no sul, o interesse do brasileiro pela Fórmula Indy tende a crescer”, acredita Douglas Costa, apostando na possibilidade de uma etapa representado o Mercosul na competição.

No evento de anúncio, a Itaipava também apresentou a nova logomarca da corrida que será realizada em São Paulo, já com o nome da empresa. O símbolo estará presente em latas da cerveja. Por fim, a empresa fará com que uma corrida da Itaipava GP Brasil seja a abertura da modalidade principal.