Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Jogo das Estrelas reforça modelo de sucesso do NBB

Mesmo sem a Globo e fora de São Paulo, evento fechou com série de parceiros

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 08/02/2019, às 08h00 - Atualizado às 10h00

Imagem Jogo das Estrelas reforça modelo de sucesso do NBB

Nesta sexta-feira (8), começará em Franca, no interior de São Paulo, o Jogo das Estrelas, um dos principais eventos da temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Pela primeira vez, o encontro festivo não contará com a presença da Globo, em estratégia traçada pela Liga Nacional de Basquete (LNB) para 2018. E, a julgar pela série de patrocinadores que estará no torneio, o mercado mostra que não está preocupado com a ausência da principal emissora do país na transmissão.

As últimas semanas foram repletas de boas novidades para o NBB. Para o evento em Franca, a organização da principal competição de basquete do Brasil fechou com Eurofarma, McDonald's, Supergasbras, Algar Telecom, TNT, Fiesp e Caoa Chery. Todas elas se juntarão aos patrocinadores da liga no Jogo das Estrelas e terão ativações específicas, como o Torneio de Enterradas TNT e os Times Mundo (Caoa Chery) e Brasil (Fiesp).

Os aportes das festividades estarão ao lado de Caixa, Avianca, Nike, Penalty e Infraero, que fazem o patrocínio a toda a temporada do Novo Basquete Brasil.

Foto: Reprodução / Twitter (@NBB)

A maior novidade do evento surgiu nesta semana, com o patrocínio da Budweiser. Tradicional apoiadora da NBA, a marca de cerveja da AB InBev resolveu também apostar no Jogo das Estrelas. E, mais do que isso, estará em todo o restante da temporada do Novo Basquete Brasil. O evento marcará a estreia da empresa, com ativações relacionadas a conteúdo nas redes sociais e uma festa, realizada na noite desta quinta-feira (7), que reuniu atletas, dirigentes e patrocinadores.

LEIA MAIS: Análise: NBB ganha destaque ao seguir manual

A ausência da Globo não significou falta de mídia para o NBB. No fim de 2018, a Liga Nacional explicou a estratégia traçada para a atual temporada: espalhar a competição em diversos canais. Agora, Fox Sports, ESPN, Band, BandSports, Twitter e Facebook mantêm partidas exclusivas, cada um em um dia específico da semana.

A diferença de mídia não será o único desafio do NBB no evento do fim de semana. O Jogo das Estrelas deste ano será fora de São Paulo, em uma quebra do modelo que funcionou nos últimos anos. Em 2017 e 2018, o encontro passou a ser realizado no Ginásio do Ibirapuera, o que deu força à estratégia da Liga Nacional. Com a quadra cheia com eventos esportivos e shows musicais, o Jogo das Estrelas mudou de status.

Agora, voltará a Franca, uma das cidades mais tradicionais do basquete brasileiro, mas sem a força financeira da capital paulista; o Ginásio do Ibirapuera não tinha data disponível. Mais uma vez, o grupo forte de novos patrocinadores mostra que a nova sede não deverá ser problema para o triunfo do NBB.

O Jogo das Estrelas terá cobertura especial da Máquina do Esporte. No domingo (10), será lançado um Boletim Especial, com o resumo de tudo que aconteceu no evento. Ele estará disponível para download no site e também por e-mail.