Marketing do São Paulo comemora sucesso de “Fabuloso”

Luis Fabiano ainda não entrou em campo, mas a diretoria do São Paulo está longe de ficar descontente com a sua contratação. O valor de sua aquisição deveria ser amenizado com dois novos planos de sócio-torcedor, chamados de Fabuloso e VIP. Mesmo sem o jogador estrear, as vendas dos pacotes estão no nível esperado.

No início do ano, o clube repatriou o ídolo após pagar 7,6 milhões de euros ao Sevilla, com a esperança de ver o centroavante da seleção brasileira da última Copa do Mundo brilhar novamente no Morumbi. No entanto, o jogador teve que operar o joelho e, nesta semana, novamente passou por uma cirurgia, para apressar a cicatrização da anterior. Com isso, sua estreia deve ocorrer em, no mínimo, um mês.

Nessa situação, o clube poderia passar por uma desconfiança da torcida, que esperaria para se associar a novos planos. Segundo o diretor de marketing do São Paulo, Rogê David, não foi isso o que aconteceu. Apesar de o clube não poder divulgar nenhum número do seu programa de sócio-torcedor, as vendas de Fabuloso e VIP foram consideradas satisfatória, independentemente da situação de Luis Fabiano.

Com os resultados, Rogê David demonstra bastante tranquilidade ao se referir ao assunto e das ações envolvendo o jogador. “O que aconteceu com Luis Fabiano acontece no futebol. Mas além das vendas boas, nós não temos pressa para trabalhar com a sua imagem. O contrato dele não é por empréstimo, nós temos quatro anos”, afirmou.

Além das ações de marketing, outra forma que o São Paulo apostou para ter retorno ao seu alto investimento foram os patrocinadores. Nesse quesito, o clube viu resultados imediatos. Logo após ser contratado, o time fechou com a Copagaz e com a Yázigi.