New York usa rock para difundir futebol nos EUA

O New York Red Bull, clube de futebol norteamericano, irá se basear na forte relação entre a banda de rock"n"roll Kiss e o público para promover a modalidade, pouco difundida no país. O atacante francês Thierry Henry, adquirido a peso de ouro do Barcelona, participou de ação de marketing na qual se pintou à maneira dos integrantes da banda.

A estrela em preto desenhada em torno do olho direito e os lábios na cor vermelha marcam o estilo usado pelos roqueiros Gene Simmons e Paul Stanley desde a década de 1970, quando o Kiss estourou entre as mais tocadas. A banda tocou no evento "Rock"n The Park", promovido para o duelo entre o New York e o Dallas, outra equipe local.

O jogo entre as equipes, a ser disputado em 16 de setembro, faz parte de promoção criada pelos clubes. Ao adquirir entradas a partida, por US$ 40, algo em torno de R$ 70, o torcedor ganha tíquetes para o show, previsto para o dia seguinte.

A ação serve para "ativar" o alto investimento feito para trazer Henry, que jogou a Copa do Mundo da África do Sul pela França, e outros jogadores renomados, como Rafa Márquez, ex-zagueiro do Barcelona e atual defensor da seleção mexicana.

O salário do francês na Major League Soccer (MLS) é de US$ 5,6 milhões, atrás somente do inglês David Beckham, que recebe US$ 10,6 milhões. O norteamericano mais bem pago é Landon Donovan, com ganhos na casa dos US$ 2,1 milhões por ano.