Nike relaciona running com vício em nova campanha

A nova campanha da Nike para corrida de rua compara explicitamente a prática esportiva em questão com o vício em drogas. A provocação entrou nos veículos de comunicação nesta semana e também contará com o suporte da página da “Nike Corre”, no Facebook.

Quem entrar na rede social se deparará com um telefone público cercado de números com referência à prostituição, mas com destaque para o anúncio “Quer coisa da boa?”, que dará um número de telefone. Pode-se discar no próprio aparelho fictício da página ou em uma linha de verdade. Quem o faz, depara-se com uma voz dizendo “está na fissura pra correr, tem um monte de boca boa”.

As peças gráficas também fazem referência ao vício de uma droga. Frases como “Eu sabia que era perigoso e mesmo assim experimentei” fazem parte do repertório da Nike para a campanha, que tem como nome “#coisadaboa”, em formato de hashtag para a rede social Twitter.  

A campanha publicitária é assinada pela agência F/Nazca e tem como foco o público mais jovem, com linguagem informal e com o intuito de gerar curiosidade para a prática de corrida de rua. Apesar da provocação, a ideia é dizer que a prática esportiva é o único vício que faz bem para o corpo.

A divulgação da frase “coisa da boa”, sem explicação para o termo, foi a primeira parte da campanha, iniciada no último dia 29. Agora, a campanha foi revelada e terá um vídeo para a sua divulgação no Multishow e na MTV, no cinema e em encartes das revistas Rolling Stone, Trip e TPM.