Para secretário, SP terá facilidades para evento Fifa

A cidade de São Paulo deve receber o Congresso da Fifa. O município pleiteava receber o centro de imprensa do Mundial, função delegada para o Rio de Janeiro. No entanto, o Município já vê facilidades para receber a reunião de dirigentes que acontece dias antes da Copa do Mundo.

O secretário especial de articulações para a Copa do Mundo, Gilmar Tadeu Alves, desconversou sobre detalhes do tema, já que a Fifa não deve anunciar sua decisão ainda neste ano. No entanto, mostrou-se otimista com o evento. “Não há nenhuma razão para que São Paulo deixe de receber o Congresso”, afirmou.

Para o secretário, São Paulo não terá dificuldades em organizar o evento. “O Congresso da Fifa é um evento para 3 mil pessoas, algo que a cidade tem plana condições de realizar”, reiterou.

O que ainda não está definido é a localização do congresso. Um das ideias da Prefeitura de São Paulo é colocar o evento no futuro centro de convenções de Pirituba, local planejado para receber World Expo de 2020. O projeto, no entanto, ainda não saiu do papel.

A Odebrecht, que também fará a arena corintiana para o Mundial, fará a construção do centro de convenções. Uma licitação de uma parceria público-privada será aberta até o fim do ano para definir a empresa que irá explorar o local por 30 anos.

Mesmo que o projeto não fique pronto a tempo, isso não deve impedir São Paulo de receber o Congresso Fifa. Para Tadeu Alves, São Paulo tem uma série de locais para fazer o evento. Uma das opções é o próprio estádio do Corinthians, que receberá o jogo de abertura da Copa dias depois.