Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Penalty reduz licenciados, mas lucra R$ 20 milhões no 3º trimestre

Empresa perde com fim de contrato assinado com o Vasco

Duda Lopes - São Paulo (SP) Publicado em 18/11/2014, às 11h00

Imagem Penalty reduz licenciados, mas lucra R$ 20 milhões no 3º trimestre

O Grupo Cambuci, detentor da marca Penalty, apresentou o balanço do terceiro trimestre deste ano, período que abrangeu parte da Copa do Mundo e uma série de notícias sobre a empresa no mercado de patrocínio esportivo. Mesmo com um lucro expressivo no período, houve significativa baixa na venda de produtos licenciados.

No segundo semestre, a queda de licenciados já havia sido sentida graças à presença da Copa do Mundo, quando o interesse pelos clubes tem tendência a diminuir. Desta vez, a empresa cita algo específico em seu relatório para acionistas: a perda do contrata com o Vasco.

Dono de uma das maiores torcidas do Brasil, o clube anunciou a troca da Penalty pela Umbro, em negociação divulgada já em julho. Nesse cenário, a queda de produtos licenciados ultrapassou os 50% em relação ao mesmo período de 2013. No segundo trimestre, esse número ficou entre 30% e 40%.

Ainda assim, a empresa, que esteve em crise há alguns anos, novamente demonstra fôlego financeiro. Após uma série de reformulações, que incluíram fortes cortes nos gastos, o grupo teve lucro líquido de R$ 20,6 milhões no terceiro trimestre de 2014; em 2013, houve prejuízo de R$ 2,1 milhões.

O cenário positivo pôde permitir até que a empresa aliviasse a pressão sobre o seu principal contrato no futebol. Após uma série de boatos sobre um possível rompimento com o São Paulo, o próprio clube já admitiu que o acordo deverá ser cumprido integralmente, até o fim de 2015.   

Grupo Cambuci 3º trimestre

Receita Líquida

2014: R$ 75,2 milhões

2013: R$ 82,4 milhões

Lucro Líquido

2014: R$ 20,6 mi

2013: - R$ 2,1