Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Por novas experiências, NBA fecha parceria tecnológica com AT&T

Empresa de telecomunicações terá marca em ginásios e transmissões

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/02/2019, às 12h49

Imagem Por novas experiências, NBA fecha parceria tecnológica com AT&T

A National Basketball Association (NBA) e a empresa americana de telecomunicações AT&T anunciaram, nesta quarta-feira (6), uma parceria de marketing oficial que permitirá que as duas marcas criem novas experiências tecnológicas para os fãs de basquete. A parceria é válida não só com a própria NBA como também com WNBA, NBA G League, NBA 2K e USA Basketball, organização sem fins lucrativos que serve como principal órgão governamental do basquete nos Estados Unidos.

Foto: Divulgação

O acordo terá início no NBA All-Star 2019, marcado para domingo (17). No evento, a AT&T terá os naming rights do Slam Dunk Contest (disputa de enterradas), que ocorrerá um dia antes, além de ser a parceira de apresentação do All-Star Practice e do Media Day. Depois, a parceria seguirá, com a marca da AT&T garantida nos ginásios espalhados pelo país e também em transmissões de TV e streaming.

Ao longo da parceria, a AT&T será integrada aos ativos da NBA, como o NBA.com e o aplicativo da NBA, junto aos parceiros de transmissão da liga no país (ABC, ESPN e TNT). AT&T e NBA planejam explorar maneiras de transformar a experiência dos fãs da liga que estiverem presentes nos ginásios ou assistindo aos jogos em qualquer lugar do território americano, seja pela televisão, seja via streaming.

"Trabalharemos com a NBA para discutir o que podemos fazer juntos em uma frente ampla de inovação. Isso terá valor para nossos clientes, seja 4K, realidade virtual, realidade mista. Queremos apenas criar formas inovadoras de dar vida ao jogo", revelou Mark Wright, vice-presidente de serviços de mídia e patrocínio da AT&T, em entrevista ao USA Today.

De acordo com a empresa, o conteúdo será um foco. Isso porque a Turner, importante parceira digital de direitos de transmissão da NBA, tornou-se propriedade da AT&T, combinando duas entidades significativas para a liga em um momento em que os ativos de vídeo são considerados de importância vital para o patrocínio.

Pelo lado tecnológico, o serviço de satélite da DirecTV, que também é de propriedade da AT&T, já transmite atualmente alguns jogos em 4K. A NBA, em parceria com a Intel, também já transmitiu jogos em realidade virtual (VR) via Turner Sports.

Por último, a companhia também destacou que quer usar o patrocínio com o intuito de impulsionar a comercialização de seus produtos 5G, quando a tecnologia estiver disponível em larga escala. Atualmente, poucas cidades já têm o serviço implementado pela AT&T. Coincidentemente ou não, Charlotte é uma delas e, como o NBA All-Star 2019 será lá, é possível que a empresa surpreenda com alguma ativação específica com a tecnologia 5G no domingo (17).

Vale lembrar que, apesar do acordo, a AT&T não poderá explorar todas as plataformas da NBA. Isso porque a Verizon é parceira exclusiva da liga no setor de telefonia móvel e distribui o NBA League Pass por meio do aplicativo Yahoo Sports.