Preferida para eventos, Franca recebe Interligas

Torneio será disputado entre 15 e 17 de abril no interior de São Paulo - Crédito Célio Messias

Torneio será disputado entre 15 e 17 de abril no interior de São Paulo - Crédito Célio Messias

O ano começou agitado para a cidade de Franca. Com a organização do Jogo das Estrelas do Novo Basquete Brasil (NBB), a cidade presenciou três dias de atrações voltadas para a modalidade. Agora, quando o torneio nacional chega à fase dos playoffs, o municípío receberá novamente partidas decisivas. Desta vez, do Torneio Interligas.

"O principal desafio é tempo, porque temos uma semana para organizar tudo - montar sala de imprensa, ver placas de publicidade, organizar infraestrutura para receber o pessoal de fora do país - então teremos de trabalhar bastante para fazer novo espetáculo", conta Luís Carlos Teixeira, presidente do Vivo/Franca, à Máquina do Esporte.

Diferentemente do Jogo das Estrelas, no Interligas, o clube de basquete terá menos suporte da prefeitura de Franca na organização da etapa. O órgão municipal foi um dos principais investidores em janeiro, quando a cidade recebeu o evento, sendo responsável por reformas no ginásio Pedrocão, por exemplo. Desta vez, terá participação menor.

O Interligas representa a segunda fase do NBB. Enquanto oito equipes disputam oitavas de final, aquelas que terminaram a primeira fase entre 6º e 12º, as quatro melhores colocadas irão enfrentar quatro times da Argentina em dois quadrangulares. Participam da competição Peñarol, Obras Sanitárias, Libertad Sunchales e Atenas.

Apesar de o Interligas atrair a atenção de mídias do exterior, a expectativa é que os jogos a serem disputados em Franca sejam preenchidos predominantemente por público brasileiro. Flamengo, Uniceub/BRB/Brasília, Pinheiros/Sky e o próprio Vivo/Franca, de qualquer maneira, devem atrair a população para o ginásio.