Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Red Bull fecha primeiro patrocínio de criptomoeda da F1

FuturoCoin terá visibilidade nos carros, macacões dos pilotos e roupas da equipe

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 05/02/2019, às 14h29

Imagem Red Bull fecha primeiro patrocínio de criptomoeda da F1

A Aston Martin Red Bull Racing assinou, nesta terça-feira (5) o primeiro patrocínio de uma criptomoeda da história da Fórmula 1. Trata-se da FuturoCoin, que terá sua marca estampada nos carros, macacões dos pilotos e roupas dos funcionários da equipe austríaca nas temporadas de 2019 e 2020. Os valores não foram revelados.

Marca da FuturoCoin aparecerá nas mangas dos macacões dos pilotos (Foto: Reprodução / Twitter (@redbullracing)

"Nos últimos anos, a ascensão da tecnologia blockchain e das criptomoedas tem sido verdadeiramente notável, e estamos muito satisfeitos em ser a primeira equipe de Fórmula 1 a adotar isso com nossa parceria com a FuturoCoin. As moedas digitais seguras estão na vanguarda do desenvolvimento tecnológico, e estamos muito entusiasmados por fazer parte dessa revolução", afirmou Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull.

"Criptomoedas e Fórmula 1 são muito semelhantes e têm valores muito parecidos, como velocidade, tecnologia e o fato de estarem à frente de seu tempo. Sou um grande fã do automobilismo, e a F1 sempre me intrigou. O patrocínio é um novo e excitante capítulo para nossa empresa e será uma plataforma global para impulsionar a crescimento da FuturoCoin", comentou Roman Ziemian, cofundador da FuturoCoin.

"Estamos muito orgulhosos de que a FuturoCoin seja a primeira criptomoeda do mundo a aparecer em um carro de Fórmula 1. Além disso, estamos ansiosos para trabalhar ao lado da Aston Martin Red Bull Racing, uma marca de prestígio e que é reconhecida no mundo todo", declarou Paulina Woźniak, CEO da FuturoCoin.

Fundada em 2017, a FuturoCoin é uma criptomoeda descentralizada baseada em código aberto. O acordo com a Red Bull também é o primeiro da empresa no mercado esportivo.

Com o acordo, a Red Bull amplia seu leque de patrocinadores para a temporada 2019, que começará no mês que vem com o GP da Austrália. Além da FuturoCoin, a escuderia ainda conta com Aston Martin, Honda, Mobil, Pirelli, Puma, Siemens e TAG Heuer, entre outros.