Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Rio-2016 anuncia acordo de patrocínio com empresa polêmica

Airbnb esteve proibido de atuar no Estado de NY em 2014 por supostamente atuar como hotel e não fornecedora de imóveis

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 27/03/2015, às 15h07

Imagem Rio-2016 anuncia acordo de patrocínio com empresa polêmica

Vista aérea da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro

O Comitê Organizador dos Jogos do Rio-2016 anunciou nesta sexta-feira mais um patrocinador: o Airbnb, que se anuncia como a maior plataforma de hospedagem alternativa do mundo e esteve envolvida no ano passado em polêmica durante a Maratona de Nova York.

O anúncio foi feito pela manhã, com a participação de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador da Olimpíada, e Joe Gebbia, diretor-executivo de produto do Airbnb, que pela primeira vez integra o portfólio de patrocinadores da Olimpíada.

Em 2014, a companhia se viu envolvida em polêmica ao anunciar patrocínio à Maratona de Nova York, uma das mais importantes do mundo. Pelo acordo, o Airbnb também seria fornecedor de serviço: ajudaria os participantes da prova a encontrar hospedagem na cidade.

O problema é que a empresa havia recentemente enfrentado batalha jurídica e impedida de atuar no Estado de Nova York. O Airbnb era acusado de realizar operações como se fosse hotel e não empresa de aluguel de imóveis para curtas temporadas. O acordo entre a empresa e os organizadores do evento de Nova York recebeu críticas do setor hoteleiro.

O interesse de agora patrocinar a Olimpíada se deveu, segundo a empresa, pelo fato de o Rio de Janeiro ter se tornado um dos principais destinos turísticos de seus clientes. A capital fluminense é a quarta cidade do mundo mais procurada pelo público do Airbnb, atrás apenas de Paris, Nova York e Londres. Para os Jogos Olímpicos, a Embratur estima que 380 mil turistas estrangeiros passem pelo Rio de Janeiro.

“Juntos com o Rio-2016, nossa comunidade vai garantir que os visitantes tenham a oportunidade de conhecer o coração do Rio de Janeiro, além de aproveitar o espetáculo dos Jogos Olímpicos”, afirmou Joe Gebbia.

Como fornecedor oficial, a Airbnb será incluída na plataforma de compra de ingressos para a Olimpíada-2016. “O Airbnb provou ser uma escolha maravilhosa, nos permitindo aumentar a oferta de hospedagem. Com a expectativa de receber brasileiros e estrangeiros do mundo inteiro, que estão vindo para o Rio de Janeiro para torcer por atletas de mais de 200 Comitês Olímpicos Nacionais, nós estamos entusiasmados em embarcar nessa parceria com o Airbnb”, afirmou Nuzman.

O Airbnb começou a operar no Brasil em 2012 com 3.500 anúncios. Atualmente, a plataforma possui mais de 45 mil anúncios em todo o país.