Santos acerta patrocínio e terá Falcão no futsal

Estrela da seleção, Falcão conduzirá criação de futsal no Santos

Estrela da seleção, Falcão conduzirá criação de futsal no Santos

* Atualizada às 15h30

O Santos oficializou nesta terça-feira a criação de um time de futsal. A equipe terá apoio da prefeitura de Santos e patrocínio da Cortiana Plásticos, e o primeiro reforço de grande impacto será o ala Falcão.

Falcão tem 33 anos e foi o melhor jogador da última edição do Mundial de futsal, em 2008, no Rio de Janeiro. Ele vinha defendendo o Malwee/Jaraguá do Sul, que perdeu seu principal patrocinador e ainda não tem definição sobre a manutenção da equipe nas próximas temporadas.

“Montamos um projeto ousado, que conseguiu sensibilizar atletas de ponta como o Falcão e uma competente comissão técnica. E é fundamental observar que conseguimos parceiros que confiaram na ideia e a viabilizaram financeiramente, ou seja, o Santos não está tirando dinheiro do futebol para o futsal”, disse Armênio Neto, gerente de marketing da equipe alvinegra, ao site oficial do clube.

O futsal do Santos já tem presença assegurada no Campeonato Paulista e na Liga Futsal de 2011. O time alvinegro mandará jogos na Arena Santos, aparato de 11 mil metros quadrados e capacidade para cinco mil pessoas que foi construído em parceria por prefeitura e governo do Estado.

“É o amadurecimento da modalidade no Santos. Antes deste ano, o futsal tinha as categorias do sub-5 e sub-15 instaladas. Em 2010, montamos o sub-17 e o sub-20 e agora concluiremos o processo com a equipe adulta e profissional”, relatou José Maria Menano, diretor de esportes da equipe paulista.

A Cortiana Plásticos, anunciada nesta terça-feira como patrocinadora do clube, terá um papel determinante para a estrutura que a diretoria planejou. A empresa cederá ao Santos a vaga que ela detinha na próxima edição da Liga Futsal.

“O maior time de futsal do país é antes a maior união esportiva/administrativa entre clube e investidor já registrada na história do futsal brasileiro. Farroupilha e Santos se aproximam neste contexto, tornando-se cidades-irmãs”, projetou Flávio Daniel Cortiana, presidente da empresa.

Neste ano, o Cortiana/AFF terminou a primeira fase da Liga Futsal na 18ª posição entre 21 clubes. A equipe que cedeu vaga ao Santos superou apenas Anápolis/Futsal Superbolla, SPFC/Bebedouro/Construban e Unisul/Seguridade.