São Paulo busca novo aporte máster para 2012

BMG deve deixar o São Paulo em 2012

BMG deve deixar o São Paulo em 2012

O São Paulo não conta com a renovação do BMG para a próxima temporada. A declaração foi feita pelo vice-presidente de marketing do clube, Júlio Casares, à Rádio Jovem Pan. Agora, a diretoria da equipe paulista inicia a busca por uma nova empresa para patrocinar o time.

Segundo o dirigente são-paulino, o São Paulo não será o único clube que deixará de ter o aporte do banco mineiro. “A informação que recebemos é que a BMG vai sair do futebol de forma gradativa, então há grande chance de não renovar conosco. Já estamos conversando com algumas outras empresas”, afirmou Casares.

Dessa maneira, o São Paulo já cogita a começar a temporada com a camisa sem um patrocínio máster. Também existe a possibilidade de o time jogar com suportes pontuais nas primeiras partidas do ano para não ficar com um maior déficit no orçamento.

Ainda assim, a situação é uma prevenção da diretoria do São Paulo. Segundo apurações da Máquina do Esporte, o BMG ainda não oficializou que não irá renovar com o clube e existe a possibilidade da manutenção do suporte.

Caso não acerte com o BMG, o São Paulo poderá reviver a situação vivida em 2010. Naquele ano, o clube não renovou com a LG e passou meses alternando uniforme limpo com aportes pontuais. Somente em setembro o contrato com o banco mineiro foi assinado e, em junho de 2011, renovado para dezembro.

Apesar da afirmação de Casares sobre uma possível retirada do BMG do futebol, a instituição financeira já havia se adiantado com um dos principais rivais do São Paulo. A empresa renovou com o Santos ainda em novembro, com um acordo de mais de R$ 20 milhões por um ano.