Seara amplia aporte à CBF e estampa camisa de treinos

Robinho foi escolhido pela Seara para simbolizar novo acordo

Robinho foi escolhido pela Seara para simbolizar novo acordo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quinta-feira a ampliação de seu contrato com a Seara. A empresa do segmento frigorífico assinou com a entidade até 2026, com valores não revelados, e passará a estampar os uniformes de treino das seleções brasileiras.

O patrocínio ao futebol nacional é um dos pilares de uma contundente aposta da Seara na modalidade. Desde o início deste ano, a empresa do grupo Marfrig também associou sua marca ao Santos e à Copa do Mundo – o acordo com a Fifa foi assinado para as edições de 2010, na África do Sul, e 2014, no Brasil.

“O futebol está muito ligado aos nossos produtos. Todo brasileiro gosta de churrasco, e churrasco combina com futebol”, disse Marcos Molina, presidente da Seara, no evento de apresentação do novo vínculo.

A solenidade foi protagonizada pelo atacante Robinho, que se tornou capitão da seleção brasileira depois da Copa do Mundo de 2010. O jogador do Milan também estava no Santos na época em que a Seara fechou com o clube, e depois foi um dos protagonistas da campanha que a marca desenvolveu em "mbito mundial – o comercial mostrava o atleta, ao lado de Neymar e Ganso, fazendo coreografias e malabarismos com a bola ao som do hit “Single Ladies”.

“A Seara investiu no meu futebol e na seleção”, resumiu Robinho. A Seara dividirá espaço no uniforme de treino da equipe nacional com outras quatro marcas: Nike, Itaú, Vivo e Guaraná Antarctica.

Com o acordo, além de ter sido alçada ao grupo dos maiores investidores da equipe nacional, a Seara passa a ser a parceira mais longeva da CBF. Nenhum outro contrato de patrocínio da entidade chega até 2026.

O uniforme de treinos com o logotipo da Seara já será usado pela seleção brasileira sub-20 na preparação para o Sul-Americano da categoria. A equipe deve se reunir na Granja Comary no dia 2 de janeiro de 2011.