Sem patrocínio, Vitória desiste de NBB e põe futuro em xeque

Vitória só conseguiu levantar metade do custo da temporada - Crédito Gilson Borba / Divulgação

Vitória só conseguiu levantar metade do custo da temporada - Crédito Gilson Borba / Divulgação

A estreia do Vitória Basquete na temporada 2011∕2012 do Novo Basquete Brasil (NBB), agendada para o dia 19 de novembro, não vai acontecer. A diretoria da equipe não conseguiu levantar todos os fundos necessários para custear a manutenção do time, e informou à Liga Nacional de Basquete (LNB) nesta semana que desistiu de disputar a competição.

O Vitória trabalhava com uma previsão de custo de R$ 1 milhão para toda a temporada. Uma parte desse montante seria dividida entre a prefeitura de Vitória e o governo do Espírito Santo, mas a fatia restante, próxima de R$ 500 mil, deveria sair da iniciativa privada.

A negociação mais adiantada que a diretoria tinha para custear esse total naufragou no fim da última semana. O Vitória ainda chegou a buscar alternativas, mas não teve sucesso e preferiu abdicar da liga.

“É lamentável pelos jogadores, pelo basquete, pela liga e pelo pequeno trabalho que a gente sempre fez no basquete”, disse o presidente do Vitória, Alarico Duarte, que preferiu adotar um tom comedido em função do momento: “Agora não é hora de falar. A forte emoção pode depor contra a gente”.

A circunspecção também fez com que Duarte protegesse o nome da empresa que vinha negociando com o Vitória. “Não vou mencionar porque não sei o dia de amanhã e a repercussão pode não ser interessante”, explicou o dirigente.

No entanto, a prudência e as poucas palavras não permitiram que Duarte escondesse a emoção e a consternação. Sobretudo por conta da ameaça que a notícia causa ao projeto social realizado pelo Vitória.

“Antes de qualquer coisa, temos um trabalho social muito importante. Para a garotada, a equipe profissional é uma luz no fim do túnel. A meta desses meninos é um dia jogar no time principal do Vitória. Tenho que conversar com a minha família, passar por esse momento horrível e tomar uma decisão sobre o que vai ser feito com o clube”, completou o presidente da equipe capixaba.

Com a desistência do Vitória, a LNB fará adaptações na tabela e terá um time a menos na edição 2011∕2012 do NBB. A vaga não será preenchida por outro time.