Sul-Americana permanece aquém do Brasileirão

A Copa Nissan Sul-Americana tem recebido cada vez mais atenção dos brasileiros. Nas duas últimas finais, o Internacional ficou com o título e o Fluminense amargou um vice para a LDU. Agora, a competição vale vaga para a Copa Santander Libertadores, possibilidade almejada pelos Palmeirenses. No entanto, considerando os números da audiência, a prioridade do público ainda permanece no Campeonato Brasileiro.

Na última quarta-feira, o Palmeiras recebeu o Atlético Mineiro no Pacaembu, com 35 mil pessoas presentes, público recorde do time no ano. Com necessidade de vitória, o clima de decisão no segundo jogo das quarta de final do torneio era inevitável. Com a vitória convincente, o duelo conseguiu 21 pontos de média no Ibope pela rede Globo, e cinco pela Bandeirantes, com pico de seis.

Por outro lado, nas duas últimas quartas-feiras as emissoras transmitiram Campeonato Brasileiro, que também chega à sua fase decisiva, e conseguiram números superiores ao alcançado com a partida do Palmeiras.

No último dia 4, Cruzeiro e São Paulo renderam 23 pontos de média para a Globo e sete para a Bandeirantes. Uma semana antes foi a vez do Corinthians visitar o Flamengo no Rio de Janeiro: 26 pontos de média para a Globo e cinco pela Bandeirantes.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.