Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Técnico promete multar jogadores do Lyon que engordarem no Natal

Clube acabou de renovar contrato com a Hyundai e quer mostrar serviço

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 20/12/2017, às 14h23

Imagem Técnico promete multar jogadores do Lyon que engordarem no Natal

Foto: Reprodução / Twitter (@OL)

Uma ameaça inusitada marcou a semana pré-Natal do Lyon. O treinador do clube, Bruno Génésio, declarou que vai multar qualquer jogador que aparecer acima do peso após as férias por conta das festas de fim de ano.

"Os jogadores terão dez dias de férias. São dias suficientes e necessários. Eles precisam parar mental e fisicamente. Mas também devem respeitar as regras de um plano especial que lhes daremos. Devem retornar a Lyon em forma e sem quilos extras. Se ganharem 600 gramas ou um quilo é aceitável. Se excederem um quilo, haverá multas”, disse o técnico, em entrevista coletiva à imprensa francesa.

De acordo com o treinador, o problema é que muitos vão para suas casas ou casas de parentes que não veem faz tempo e acabam exagerando na comida. Outro motivo dado por Génésio é que boa parte tem filhos, e todos acabam querendo agradar os filhos com comidas gostosas. Só que comem junto e é aí que surgem os quilos extras.

No final da explicação, o treinador ainda deixou claro que seu único receio é que, com peso a mais e após dez dias parados, os jogadores se contundam com mais facilidade ao voltarem à ativa, o que seria muito ruim para as pretensões do clube.

Segundo a imprensa francesa, a ameaça de Génésio está diretamente ligada à renovação de contrato do Lyon com a montadora sul-coreana Hyundai, anunciada no início da semana. A marca, que será patrocinadora máster do clube francês até 2020 nos jogos de competições nacionais, quer ver resultados e não iria gostar nada de saber que o time possui atletas acima do peso.

O Lyon enfrenta nesta quarta-feira (20) o Toulouse, pela 19a rodada da Ligue 1. Depois, só volta a entrar em campo em 13 de janeiro, diante do Angers. O time divide a vice-liderança da competição com o Monaco. Ambos estão nove pontos atrás do líder, o Paris Saint-Germain.