UFC é marca mais valiosa do esporte dos EUA

Evento de MMA superou basquete, beisebol e futebol americano

Evento de MMA superou basquete, beisebol e futebol americano

O Ultimate Fighting Championship (UFC), evento internacional de artes marciais mistas (MMA, na sigla em inglês), foi nomeado pela empresa de marketing esportivo Turnkey Sports como marca mais valiosa dos Estados Unidos para 2011.

A modalidade superou esportes tradicionais e amplamente difundidos no país norte-americano, como basquete, beisebol ou futebol americano. O objetivo do estudo era identificar qual evento esportivo mais crescem em 2011 e qual está mais preparado para 2011.

O UFC foi o primeiro colocado no primeiro quesito, com 20% dos votos, e no segundo, com 29%. A partir dos resultados obtidos pelas ligas em 2010, 110 executivos do país participaram da pesquisa.

O evento de MMA foi criado em 1993 por Rorion Gracie, lutador brasileiro, e Arthur Davie, publicitário norte-americano. Em 2001, Frank e Lorenzo Fertitta, proprietários de cassinos em Las Vegas, compraram a marca por R$ 1 milhão. Atualmente, de acordo com a revista "Fortune", ela vale R$ 2 bilhões.