Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Vulcabrás troca Reebok por Olympikus no Cruzeiro

Cruzeiro passará a usar Olympikus, assim como o Flamengo

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 09/03/2012, às 17h09

Imagem Vulcabrás troca Reebok por Olympikus no Cruzeiro
Cruzeiro passará a usar Olympikus, assim como o Flamengo

Cruzeiro passará a usar Olympikus, assim como o Flamengo

Na próxima terça-feira, o Cruzeiro apresentará a nova linha de uniforme para este ano. Apesar de se manter com o grupo Vulcabras/Azaleia, o clube terá uma novidade na marca de fornecimento de material. Após mais de três anos com a Reebok, o time passará a usar Oympikus neste ano.

No fim de 2011, o Cruzeiro anunciou que havia renovado com a Reebok por mais três anos e, na época, rechaçou a possibilidade de troca pela Olympikus. Desde então, a Vulcabras perdeu o Internacional, que rescindiu o contrato da Reebok para assinar com a Nike.

Procurada pela Máquina do Esporte, a Vulcabras confirmou a troca, mas não deu detalhes de sua estratégia com a alteração no Cruzeiro. A empresa afirmou que os pormenores da operação só serão revelados na terça-feira, durante a apresentação do novo uniforme.

Dessa maneira, apenas o São Paulo vestirá Reebok nesta temporada no futebol brasileiro. Além do time paulista e do Cruzeiro, a Vulcabras mantém contrato com o Flamengo, mas o clube carioca usa a Olympikus desde que fechou com o grupo.

Mineirão

Cruzeiro e Vulcabras querem que o lançamento do novo uniforme do time com a Olympikus seja em um grande evento. Para apresentar a linha de vestuário, o Mineirão será usado de palco. Mesmo em obras para a Copa do Mundo de 2014, uma estrutura provisória será montada para receber os desfiles dos novos modelos.

Além das camisas de jogo, o Cruzeiro irá apresentar a coleção completa na temporada. A ideia é apresentar os uniformes de treino e as camisas casuais em um evento único. Nas últimas temporadas, com a Reebok, o clube apresentava sua linha casual no segundo semestre, longe da primeira exibição dos uniformes de jogo.