Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Yamaha aposta no ciclismo e fecha com "Tríplice Coroa"

Marca japonesa será moto oficial do Tour de France, Giro d'Italia e La Vuelta

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 19/03/2019, às 10h03

Imagem Yamaha aposta no ciclismo e fecha com "Tríplice Coroa"

Tradicional fabricante de motos e uma das principais marcas a figurar no topo da MotoGP, a Yamaha decidiu unir o ciclismo ao motociclismo em seu foco no esporte. A companhia japonesa assinou um acordo e será a moto oficial das provas que constituem a Tríplice Coroa do ciclismo mundial pelos próximos três anos.

Para alcançar o objetivo, a Yamaha teve que fechar contratos com a ASO e a RCS Sports. Isso porque a francesa ASO é responsável por administrar o Tour de France (na França) e La Vuelta (na Espanha), enquanto a RCS Sports cuida do Giro d'Italia (na Itália). Chamadas de Grand Tours, as três provas formam a "Tríplice Coroa" do esporte e são o sonho de conquista de qualquer ciclista profissional.

Foto: Divulgação / Yamaha

Para ativar o patrocínio, a marca japonesa decidiu utilizar o modelo Niken, que é uma espécie de triciclo, com dois pneus à frente e um atrás, e que será amplamente divulgado nas três provas até 2021. As organizações receberão diversos exemplares para facilitar tarefas como atendimento médico, conserto de pneus, alimentação, hidratação e transporte de responsáveis por áreas como publicidade e fotografia.

De acordo com as organizadoras, o acordo é de extrema importância para o bom andamento das provas pelo fato de, juntas, as três atravessarem mais de 10 mil quilômetros. O acordo ainda cobre provas menores, como a Strade Bianche e a Tirreno-Adriático, ambas disputadas na Itália, e a Paris-Nice, na França.

"Este acordo novo e empolgante com os organizadores das três mais prestigiadas corridas de ciclismo do mundo oferece a oportunidade de mostrar todo o potencial da Niken ao mundo do esporte", resumiu Eric de Seynes, presidente da Yamaha Motor Europe.