Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Tênis

Aberto da Austrália será realizado com limitação a 50% do público

Medida acontece como parte da estratégia de conter novo surto de Covid-19

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 13/01/2022, às 10h33

O sérvio Novak Djokovic, atual campeão do Aberto da Austrália - Reprodução / Instagram @australianopen
O sérvio Novak Djokovic, atual campeão do Aberto da Austrália - Reprodução / Instagram @australianopen

O Aberto da Austrália, primeiro torneio de Grand Slam do calendário do tênis, será realizado com limitação de 50% da capacidade do público nas arenas. A medida, estabelecida pelo Estado de Victoria, onde fica Melbourne, sede do evento, visa tentar conter novo surto de Covid-19 no país.

Será obrigatório o uso de máscaras nas arenas, com exceção de quem estiver comendo ou bebendo. Os organizadores também informaram que irão melhorar a ventilação das arenas. A competição acontece a partir da próxima segunda-feira (17) e vai até o dia 30.

“Essas atualizações nas regras para o Aberto da Austrália significarão que fãs, jogadores e trabalhadores podem esperar um evento fantástico e seguro contra Covid. O Melbourne Park é o melhor lugar do planeta para assistir ao tênis e milhares de torcedores poderão experimentar o icônico Aberto da Austrália a partir de segunda-feira”, afirmou Jaala Pulford, ministra Interina de Turismo, Esporte e Grandes Eventos de Victoria.  

Victoria diminuiu as restrições contra a Covid-19 em novembro, depois que o Estado atingiu um índice de vacinação de 90%. Tudo indicava que o Aberto da Austrália poderia acontecer sem limitação na capacidade dos estádios. Mas a variante ômicron impediu que tal expectativa se realizasse.

Restrições estiveram em vigor na edição passada da competição. O torneio de 2021 começou com limitação de torcedores, mas um surto de Covid-19 fez com que o torneio tivesse que continuar sem presença de torcida. O público só voltou para a final.

A edição de 2020, que aconteceu antes do início da pandemia, atraiu 812.714 pessoas em duas semanas.