Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Crítica social

Ação por igualdade de gênero toma capa de jornal esportivo em Portugal

Iniciativa da ONG Raparigas na Bola colocou esporte feminino como protagonista no Dia Internacional da Mulher

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 08/03/2022, às 15h52 - Atualizado às 15h58

Ação da ONG Raparigas na Bola colocou as mulheres como protagonistas do principal jornal esportivo português - Divulgação / Raparigas na Bola
Ação da ONG Raparigas na Bola colocou as mulheres como protagonistas do principal jornal esportivo português - Divulgação / Raparigas na Bola

O grupo Raparigas na Bola, uma ONG que luta para dar voz e visibilidade a atletas femininas no esporte, lançou a sua nova iniciativa de combate à desigualdade de gênero no universo esportivo.

Na semana que marca o Dia Internacional da Mulher, o grupo destacou que não há nada para celebrar quando as capas dos jornais esportivos só dão destaque aos homens, muitas vezes até com notícias fúteis, que poderiam dar lugar a histórias de atletas mulheres.

De 7 a 11 de março, as Raparigas na Bola estão dando destaque a notícias sobre mulheres. Por meio de realidade aumentada, será possível trocar as capas do maior jornal esportivo de Portugal, o tradicional “A Bola“, por notícias de atletas femininas. Qualquer um pode realizar essa experiência, pelo celular, ao acessar este site.

A ONG ainda está convidando as pessoas a participarem do movimento com a hashtag #RaparigasNaBola, especialmente atletas, influencers e jornalistas, mas também qualquer pessoa que queira ajudar a dar mais visibilidade ao esporte feminino.

A ideia foi criada pela Havas Lisboa, que pelo segundo ano ajuda o grupo a lutar pela causa. Em 2021, eles usaram o dia seguinte ao Dia Internacional da Mulher para mostrar a diferença de exposição dada a atletas homens e mulheres. Para isso, transformaram as notícias dos três principais jornais esportivos de Portugal em infográficos divididos em duas cores. A campanha anterior alcançou milhões de pessoas em dezenas de países e foi reconhecida com prêmios internacionais de criatividade.

Os jornais têm a colaboração de jornalistas como Cláudia Martins e Cláudia Lopes, além do Grupo Raparigas na Bola, liderados pela fundadora Marta Faria. A ideia foi criada por dois brasileiros, os publicitários Bernardo Tavares e Sávio Hatherly. O desenvolvimento e implementação foi feito pelo Studio Akt Creative.