Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Negócios

Indústria de calçados chega a R$ 938,5 bi em 2030, diz estudo

Pesquisa da Allied Market prevê aumento de 50% no faturamento do setor em 10 anos

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 10/01/2022, às 12h56

A Asics foi líder de vendas de calçados esportivos no mundo em 2020, segundo estudo - Reprodução / Instagram @asics
A Asics foi líder de vendas de calçados esportivos no mundo em 2020, segundo estudo - Reprodução / Instagram @asics

O setor de calçados esportivos irá crescer nos próximos anos até atingir um faturamento de US$ 165 bilhões (R$ 938,5 bilhões) em 2030. Esse montante representa um aumento de 50% sobre as vendas em 2020, quando o setor arrecadou US$ 109,7 bilhões (R$ 624 bilhões). A previsão faz parte de estudo divulgado pela Athletic Footwear Market encomendado da Allied Market Research.

Segundo o estudo, os principais responsáveis por esse crescimento nos próximos anos serão o aumento das atividades esportivas, o investimento dos governos em eventos, a inauguração de mais pontos de venda e o aparecimento de novos modelos.

Por outro lado, pesam contra o crescimento nas vendas o aumento dos insumos, as falsificações e a preocupação dos consumidores com o meio ambiente.

Para que essa previsão se concretize também é necessário que o mundo supere definitivamente a pandemia. Durante o período de quarentena, marcas como Nike, Adidas e Puma tiveram diminuição de vendas.

Os calçados esportivos masculinos continuarão sendo os responsáveis maiores pelas vendas. Já o segmento feminino irá experimentar um grande crescimento até 2030, com aumento de 5,2% nas vendas entre 2021 e 2030 motivado pelo aumento da participação da mulher em atividades esportivas ao ar livre com trekking, caminhadas, ciclismo e tênis.

Segundo o estudo, as vendas on-line de calçados irão subir 5,6% até 2030. Atualmente, o comércio presencial é o mais utilizado pelos consumidores para as compras.

Em 2020, a região da Ásia Pacífico foi a líder de vendas de calçados esportivos, seguida de Europa e América do Norte. A previsão é que o mercado asiático seja o que mais vá crescer nesta década, com aumento de 5%.

De acordo com o estudo, a líder em vendas de calçados esportivos no mundo é a Asics, seguida de Adidas, Puma e VF Corporation (dona de marcas como Timberland e North Face). A Nike ocupa a quinta posição, seguida por Fila, New Balance, Skechers, K-Swiss e Wolverine World Wide.