"Maratona com Arte", projeto que une arte e esporte, celebra 20 anos da Maratona do Rio

A Maratona do Rio, maior festival de corridas de rua da América Latina, está sendo disputada neste fim de semana na capital fluminense. Em 2022, a prova comemora a realização da 20ª edição e, mais uma vez, conta com a participação do “Maratona com Arte“, projeto que une arte e esporte.

Com o tema “A Maratona que a gente quer”, a “Maratona com Arte“ deste ano, por meio do audiovisual e de esculturas, colocou no asfalto, em forma de arte, “a esperança em dias mais inclusivos, sustentáveis e de muita alegria e celebração“. O objetivo é olhar para o futuro e perguntar aos cariocas e aos milhares de corredores de fora: o que queremos para a Maratona dos próximos 20 anos?

Para ativar o projeto, foi feita uma exposição urbana com três instalações artísticas em formato de tênis de corrida, considerado um símbolo do corredor de rua. Cada obra foi inspirada em cenas que “todos queremos ver e viver nos próximos anos“. Pela primeira vez, os tênis foram pintados ao vivo, como uma demonstração de live painting, uma forma de arte performática visual, na qual os artistas desenvolvem uma obra ao vivo.

A performance foi realizada no Campus Città América, da Universidade Estácio de Sá. Isso porque a “Maratona com Arte“ tem apresentação da Estádio Idomed, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal da Cultura.

Para ajudar a contar essas histórias, os três artistas participantes (Criz Silva, Guida e Mura One) criaram também uma playlist com músicas com o intuito de levar a energia da esperança em dias cada vez melhores para qualquer lugar. 

A exposição teve início há um mês, em 17 maio, em diversos pontos emblemáticos da cidade, como a Praia de Copacabana, o Parque das Figueiras e o Estádio Nilton Santos (Engenhão). Durante o festival da Maratona do Rio, que teve início na última quinta-feira (16) e terminará neste domingo (19), as esculturas estão reunidas na Marina da Glória, local onde fica a Casa Maratona, a arena da Maratona do Rio. Ao lado dos tênis, foram colocados totens que contam um pouco sobre cada obra, com descritivo em braile. 

Para fechar, o “Maratona com Arte“ ainda pensou em atrações pós-prova. Neste sábado (18), após a disputa da meia-maratona, o palco montado na arena recebeu um show da Banda du Rio. No domingo (19), o show será de Serjão Loroza. Ambos foram concebidos para serem gratuitos e abertos ao público. 

*O repórter viajou a convite da Adidas