Olympikus ratifica foco no running com três novos tênis e Maratona de SP

A Olympikus apresentará, nesta sexta-feira (18), em um evento em local surpresa para convidados em São Paulo, o primeiro tênis com placa da história da marca. Em edição limitada pela complexidade da produção e para não saturar o mercado, o Corre Grafeno tem justamente no grafeno o maior diferencial, uma vez que é o primeiro a usar esse material no mundo ao invés da placa de carbono, já utilizada por diversas marcas esportivas.

O tênis é o maior investimento já feito pela Olympikus e demonstra, por si só, o foco cada vez maior da marca no segmento de running. No entanto, ele não está sozinho. Nas próximas semanas, serão anunciados mais dois modelos: o Corre Vento, leve e feito para treinos de velocidade, e o Corre 2, evolução do Corre 1, feito para quem quer mais amortecimento nos treinos diários.

“Nos últimos dois ou três anos, conquistamos um espaço especial no mercado e também com a comunidade corredora. Conquistamos uma facilidade para conversar com as pessoas que vivem esse mundo e tivemos o retorno de que havia espaço para a Olympikus se posicionar no segmento de alta performance. Para isso, no entanto, não adiantava apenas um produto, como foi com o Corre 1, mas sim uma família. É preciso mostrar que a marca entende de tênis de corrida”, explicou Márcio Callage, diretor de marketing da Olympikus, em entrevista exclusiva à Máquina do Esporte.

O lançamento dos três tênis em um período curto de poucas semanas não será à toa. Em primeiro lugar, justamente para mostrar que “entende de tênis de corrida”, a marca quer deixar claro aos consumidores que cada modelo foi feito pensando em um perfil de corredor. Assim como cada atleta, cada tênis tem suas próprias características e, dessa forma, é possível englobar o consumidor do mercado de running como um todo.

Além disso, a Olympikus ainda usará os lançamentos para chamar atenção para a Maratona de São Paulo, prova em que a marca vai estrear como patrocinadora oficial. O contrato foi assinado no final de 2019 e entrou em vigor no ano seguinte. No início de março de 2020, a marca chegou a fazer um evento na região central de São Paulo, apresentou um modelo personalizado do Corre 1 feito especialmente para a prova, mas foi impedida de ir além pela pandemia, que chegou poucos dias depois.

De lá para cá, as edições de 2020 e 2021 da prova foram canceladas. Neste ano, porém, está confirmada para o próximo dia 10 de abril e é uma das principais apostas da Olympikus no ano, ao lado de duas provas da plataforma “Bota Pra Correr“ que serão realizadas no segundo semestre em locais ainda não revelados.

“A Maratona de São Paulo será mais uma festa para celebrar a felicidade de poder correr, celebrar a corrida e os amantes da corrida, um ciclo que estamos vivenciando desde a Maratona do Rio do ano passado [a prova foi realizada em novembro no início da retomada das corridas de rua]. E nesses momentos especiais temos que ir com nossa ‘melhor roupa’”, afirmou Callage, referindo-se aos três tênis que estarão à disposição nos próximos dias.

Para ativar o patrocínio a uma das principais provas da cidade com maior número de corredores do país, a marca ainda terá outras novidades. Em breve, haverá o lançamento da “Casa do Corre”, um espaço repleto de ativações para conversar cara a cara com o corredor, apresentar os três tênis e mostrar a importância de cada um para a história da Olympikus no running. Por enquanto, a localização do espaço permanece em sigilo.

“Somos a maior marca esportiva brasileira. E precisamos construir na cabeça das pessoas que somos a maior marca brasileira. O Grafeno, o Vento e o Corre 2 não ficam devendo em nada aos tênis de outras grandes marcas que existem no mercado. E ainda temos como vantagem o fato de termos preços mais acessíveis. Queremos permanecer ao lado do corredor, fazer parte da vida dele e estar próximos na realização dos sonhos de cada um”, finalizou Callage.

Lançado nesta sexta-feira (18), o Corre Grafeno já poderá ser adquirido no site oficial da Olympikus à noite e chegará às lojas na segunda-feira (21), por R$ 699,99. O Corre Vento, por sua vez, será lançado no próximo dia 28 e vendido por R$ 399,99. Por fim, o Corre 2 será apresentado às vésperas da Maratona de São Paulo, marcada para 10 de abril, com o preço de R$ 499,99.