Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Patrocínio

Santander reforça sustentabilidade com ações no Rio Open

Banco celebrou alta do público em 2022 e usou torneio para comunicar ações sustentáveis

Redação - Rio de Janeiro (RJ) Publicado em 23/02/2022, às 07h52 - Atualizado às 07h54

Espanhol Carlos Alcaraz foi o campeão do Rio Open, que teve pelo quinto ano o patrocínio do Santander - Fotojump / Divulgação
Espanhol Carlos Alcaraz foi o campeão do Rio Open, que teve pelo quinto ano o patrocínio do Santander - Fotojump / Divulgação

Um patrocínio para reforçar a prática de ações sustentáveis, fazer relacionamento com clientes e ampliar a comunicação da marca pelo esporte. Pelo quinto ano, o banco Santander esteve presente como um dos patrocinadores do Rio Open, principal torneio de tênis da América do Sul.

Para Patricia Audi, vice-presidente de sustentabilidade e relações institucionais do Santander, o patrocínio à edição de 2022 reforça os conceitos que a marca busca ao patrocinar o esporte e ainda permite trabalhar o relacionamento com o cliente.

Patricia conversou com a reportagem da Máquina do Esporte no Rio de Janeiro, minutos depois de Carlos Alcaraz levantar o título inédito do Rio Open, no último domingo (20). Confira a seguir os principais tópicos da conversa:

Foco em sustentabilidade

Em todos os nossos eventos patrocinados, a gente sempre estimula que o evento seja o mais sustentável possível. A nossa prática nos nossos negócios, inclusive, é a de estimular o uso da energia renovável, o agro sustentável e toda uma cadeia de valores. É isso o que a gente normalmente pratica. Além disso, o Santander assumiu o compromisso de emissão zero de carbono até 2030 de todos os seus parceiros. Então estimulamos nossos parceiros, como aqui no Rio Open, a serem sustentáveis. Outro exemplo de evento esportivo em que isso acontece são as corridas de rua do circuito Santander Track&Field, que é a única prova em que a água é servida em lata, não em copo de plástico.

A experiência durante o Rio Open 2022

Depois de tudo o que passamos e ainda estamos passando com a pandemia, você poder voltar a um evento, principalmente em um evento esportivo que traz toda essa energia e essa sensação de saúde, disposição, alegria e bem-estar, é superimportante para o Santander e para o Rio de Janeiro, que também precisa de eventos como esse para ajudar na recuperação econômica da cidade.

Ativações ao longo da semana

Distribuímos o boné (no dia da final) como fazemos todos os anos. Temos a feliz coincidência de o outro patrocinador ser a Claro, que também usa a cor vermelha, o que faz com que a gente possa unir esforços para realizar essa ação. No nosso estande, houve uma grande preocupação em promover produtos sustentáveis, como bicicletas elétricas e painéis solares. Foi um estande com muita interação e movimento de público, expressando um pouco essa sensação de retomada das pessoas.

As ações vips no Corcovado Club

Este ano teve um grande recorde de público e, o que foi mais interessante, um agradecimento por parte dos convidados. Eles agradeciam pelo banco proporcionar essa experiência em um espaço de entretenimento, de lazer, de troca. Não poderia ter sido melhor para o banco poder proporcionar isso para as pessoas, o que nos deixou muito felizes.

Próximas ações no esporte

Meu departamento é o responsável pela área de patrocínios, eventos e cultura. Temos um pé muito forte no esporte, que enxergamos como uma plataforma para a inclusão social e o desenvolvimento de uma sociedade. São quatro territórios em que somos muito presentes. O ciclismo de alto rendimento, em que tivemos no ano passado o apoio ao Henrique Avancini e neste ano estaremos em grandes eventos como o Brasil Ride e o L’Étape Brasil. No tênis, temos o Rio Open e o circuito de torneios de Challengers, que vai para outras capitais, o que para nós é importante também. Temos, além disso, a Ferrari, que é um patrocínio global e que retornou com o Santander neste ano. E ainda temos o circuito de corridas de rua da Track&Field. São 100 corridas em todo o país, que é um esporte mais democrático, mais acessível, então é importante estar nessas cidades de forma muito lúdica e alegre.