Serena Williams vira diretora da empresa de fantasy game Sorare

A Sorare, empresa especializada em fantasy games de futebol usando NFTs (tokens não fungíveis), contratou a tenista Serena Williams para ser diretora de seu Conselho de Administração.

“As NFTs têm o potencial de serem uma ferramenta poderosa para trazer equidade e investimento para os esportes femininos. Estou entusiasmada por começar a trabalhar ao lado da equipe da Sorare porque eles entendem a relação entre atletas e torcedores como ninguém nesse negócio. Acredito que a Sorare definirá a cultura e o tom do futuro do entretenimento esportivo”, disse Serena.

Segundo comunicado da empresa, a americana assessorará o conselho em diversos temas, incluindo o desenvolvimento de relacionamento da marca com atletas de todo o mundo, expansão para outros esportes (incluindo modalidades femininas) e iniciativas futuras de tornar mais inclusiva e diversa a Web3 (plataforma baseada em blockchains).

“Sua experiência na construção de marcas, negócios e comunidades de fãs, dentro e fora das quadras, ajudará a acelerar o crescimento da empresa”, afirmou o comunicado.

Desde que foi fundada, em 2018, a Sorare teve crescimento substancial, alcançando mais de 1 milhão de usuários em todo o mundo e fazendo parcerias com 230 entidades esportivas.

Em setembro de 2021, a empresa fechou sua maior rodada de financiamentos da história, arrecadando US$ 680 milhões em uma operação liderada pelo Softbank.

Para 2022, a empresa francesa quer explorar fantasy games em modalidades femininas e em outros esportes.

A Sorare é um marketplace em que os usuários podem coletar, pesquisar e trocar cartões digitais de jogadores de futebol. A empresa opera na plataforma blockchain Ethereum. Jogadores de futebol como Gerard Piqué (Barcelona), André Schürrle (aposentado) e Antoine Griezmann (Atlético de Madrid) são alguns dos investidores da empresa francesa.