Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Negócios

Vulcabras alcança faturamento bruto de R$ 2,2 bilhões em 2021

Empresa teve aumento de lucro de 89,4% no ano passado, atingindo R$ 659,4 milhões

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 09/03/2022, às 17h29 - Atualizado às 17h31

Olympikus é uma das marcas que integram o portfólio da Vulcabras - Reprodução / Instagram (@olympikus)
Olympikus é uma das marcas que integram o portfólio da Vulcabras - Reprodução / Instagram (@olympikus)

A Vulcabras anunciou um faturamento bruto de R$ 2,2 bilhões no ano passado, melhorando o desempenho financeiro da companhia em relação a 2020, no auge da pandemia de Covid-19. A empresa é dona da Olympikus e detém o licenciamento das marcas Mizuno e Under Armour no Brasil.

O lucro da companhia chegou a R$ 223,8 milhões no quarto trimestre de 2021. Houve aumento de 48,9% em relação ao mesmo período de 2020. No ano, a Vulcabras obteve lucro de R$ 659,4 milhões, o que representa um incremento de 89,4% sobre o ano anterior.  

A empresa negociou 8,8 milhões de pares ou peças no quarto trimestre de 2021, o que significa uma queda de 9,5% em relação a 2020. Segundo a companhia, essa queda deveu-se à descontinuidade de venda de algumas linhas de calçados femininos no mercado interno e externo. No ano, porém, foram negociados 27,1 milhões de pares ou peças, com um aumento de 7,8% sobre 2020.

A receita líquida do quarto trimestre de 2021 foi de R$ 620 milhões, um aumento de 35% sobre 2020. Em todo o ano, a arrecadação líquida foi de R$ 1,867 bilhão, com crescimento de 58,3% sobre o ano anterior.

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 119,8 milhões no quarto trimestre do ano, com um aumento de 62,1% sobre 2020. Em 2021, o Ebitda atingiu R$ 398,9 milhões, com crescimento de 255,5% sobre 2020.

Entre as estratégias adotadas pela empresa no ano passado, houve o incremento dos canais de venda, particularmente com investimento nos canais de e-commerce. A Vulcabras criou um centro de distribuição em Extrema (MG), que ajudou a ampliar as vendas on-line da companhia.