Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Bilionária

EXCLUSIVO: CONMEBOL mira US$ 1,8 bilhão com Libertadores e Sul-Americana

Entidade já conseguiu US$ 1,5 bilhão com a venda dos direitos de transmissão dos dois torneios na América do Sul

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 13/05/2022, às 08h24

Taça da CONMEBOL Libertadores, principal competição entre clubes da América do Sul - Divulgação / CONMEBOL
Taça da CONMEBOL Libertadores, principal competição entre clubes da América do Sul - Divulgação / CONMEBOL

A CONMEBOL quer faturar US$ 1,8 bilhão (cerca de R$ 9,2 bilhões) com a venda, por quatro anos, dos direitos de mídia e patrocínio das Copas Libertadores e Sul-Americana. Segundo a Máquina do Esporte apurou, esse é o valor que a entidade projeta conseguir alcançar depois de ter vendido por US$ 1,5 bilhão os direitos de mídia dos dois torneios no continente sul-americano.

A projeção de faturar US$ 1,8 bilhão foi feita pela entidade logo após encerrar a licitação pelos direitos de mídia das suas duas principais competições. A venda desses direitos era encarada pelos dirigentes como fundamental para conseguir determinar o potencial de faturamento com os torneios.

O resultado alcançado pela agência FC Diez na negociação dos direitos superou a expectativa da própria entidade sul-americana. A agência fez duas rodadas de negociação com as emissoras interessadas em comprar os direitos, o que ajudou a elevar o valor pago por elas.

Agora, a ideia é conseguir ampliar o faturamento com a venda internacional dos direitos de mídia da Libertadores e da Sul-Americana, que começam a despertar maior interesse das empresas de mídia do exterior. Além disso, outra aposta da CONMEBOL é com relação aos direitos de transmissão para casas de apostas.  

Para fechar os US$ 300 milhões adicionais de receita, a venda de patrocínios para as duas competições será chave. No último mês de abril, a CONMEBOL divulgou os critérios para a licitação da venda de direitos comerciais das suas competições. A entidade espera, segundo o diretor comercial, Juan Emilio Roa, realizar uma entrega completa aos patrocinadores, nas mais diferentes plataformas de mídia, o que aumentará o valor pago pelos direitos.

Esse aumento de entrega virá também com a escolha dos vencedores da licitação de mídia. O acordo fechado com Globo para a TV aberta e com Disney e Paramount nas plataformas fechadas prevê a entrega de mídia para os patrocinadores da CONMEBOL.