FIFA lança serviço de streaming gratuito FIFA+

A FIFA lançou o serviço de streaming gratuito FIFA+, que terá jogos de diversas ligas espalhadas pelo mundo, jogos interativos, notícias, informações de campeonatos e conteúdos em vídeo sobre grandes atletas do futebol masculino e feminino.

“O FIFA+ representa o próximo passo da nossa visão de fazer com que o futebol seja verdadeiramente global e inclusivo, e isso apoia a principal missão da FIFA, de expandir e desenvolver o futebol no mundo todo”, afirmou Gianni Infantino, presidente da entidade.

“Esse projeto representa uma mudança cultural na forma como diferentes tipos de torcedores querem explorar e se conectar com o jogo. Ele vai acelerar a democratização do futebol, e ficamos felizes em compartilhar isso com os torcedores”, acrescentou o dirigente.

O FIFA+ promete a transmissão de cerca de 40 mil jogos até o final do ano. Haverá partidas ao vivo de campeonatos de 100 federações nacionais filiadas à entidade, de todos os continentes. Nesse montante, estão 39 mil jogos do masculino e 11 mil partidas do feminino.

A plataforma também terá cobertura ao vivo das principais ligas da Europa e de competições que antes não tinham transmissão. Segundo a FIFA, a partir do lançamento, serão exibidas 1.400 partidas por mês, número que deve aumentar.

Mas os atrativos do serviço não ficam apenas em jogos ao vivo. Também serão disponibilizadas mais de 2 mil horas de imagens das Copas do Mundo masculina e feminina. Nesse material, estarão jogos completos, melhores momentos, gols e lances ”mágicos”. Ao todo, serão mais de 2.500 vídeos que datam desde a década de 1950.

Outra seção, a Central de Partidas, permitirá que os torcedores acessem dados de 400 campeonatos masculinos e 65 torneios femininos espalhados pelo mundo. Haverá notícias diárias, jogos interativos, enquetes, fantasy game e bolão.

O serviço também terá documentários em longa-metragem, séries documentais, talk shows e curtas, em 11 idiomas, contando histórias desde a base até as seleções adultas, com os heróis do passado em mais de 40 países. Entre os títulos que serão disponibilizados destacam-se alguns sobre craques globais, incluindo brasileiros:

“Ronaldinho: The Happiest Man in the World”: documentário exclusivo que mostra de forma abrangente, e nunca vista antes, o arquivo de Ronaldinho Gaúcho. O filme de 90 minutos, dirigido por Stuart e Andrew Douglas e produzido por Bernie Goldmann, Simon Horsman e Jeffrey Soros, do Los Angeles Media Fund, conta a história da vida do jogador, mostrando sua trajetória desde as ruas do Brasil até se tornar um dos atletas mais queridos do mundo. Lionel Messi, Frank Rijkaard e Carles Puyol fazem participação especial e revelam o que Ronaldinho Gaúcho significou para eles.

“Capitães“: 1ª temporada: série em oito partes da Fulwell 73 (“Sunderland até Morrer”, “Tudo ou Nada: Juventus”) que acompanha seis capitães em suas jornadas para levar suas seleções à classificação para a Copa do Mundo do Catar 2022. A série, que explorará os traços individuais de liderança de cada um, mostra Luka Modrić (Croácia), Pierre-Emerick Aubameyang (Gabão), Brian Kaltak (Vanuatu), Andre Blake (Jamaica), Hassan Maatouk (Líbano) e Thiago Silva (Brasil).

”Croatia: Defining a Nation”: documentário exclusivo que mostra como o futebol une e conecta a nação europeia, finalista da última Copa do Mundo, e conta a história de um grupo de amigos que conseguiu reconhecimento internacional mesmo em um cenário de extrema adversidade. Eles se tornam lendas e levam as cores do país para o mundo todo. A direção é do aclamado Louis Myles (“Kaiser: The greatest footballer never to play football”, “Liverpool FC: The 30-Year Wait”).

”HD Cutz”: série documental em oito partes com Sheldon Edwards, o barbeiro das estrelas, falando de comida, moda, música e, às vezes, futebol. Com participações de jogadores como Paul Pogba e Antonio Rüdiger e produção da Motif Pictures e da Fever Media.

”Dani Crazy Dream”: série documental de bastidores com seis episódios de 30 minutos em que a estrela é Daniel Alves, o jogador com mais títulos na história, enquanto ele tenta chegar à Copa do Mundo do Catar. A produção é da empresa do próprio lateral brasileiro, a Maracanã Media.

”Golden Boot”: série documental com quatro episódios de 48 minutos que conta com entrevistas com os maiores artilheiros da Copa do Mundo, com produção da Goalhanger Films (“Wayne Rooney: The Man Behind the Goals”). O primeiro episódio mostra Gary Lineker sentando ao lado do grande Ronaldo Fenômeno para ver mais uma vez a Copa do Mundo 2002.

”Icons”: série documental com cinco episódios de 26 minutos mostrando cinco das jogadoras mais decisivas e relevantes do futebol feminino: Wendie Renard, Lucy Bronze, Asisat Oshoala, Carli Lloyd e Sam Kerr. Produção do Noah Media Group (“14 montanhas, 8 mil metros e 14 meses”, “Finding Jack Charlton”).

”Academies”: a história por trás de alguns dos principais locais de formação de jogadores do mundo do futebol, produzido pela Shoot the Company. A primeira temporada conta a história do Anderlecht, da Bélgica, em três episódios de 30 minutos.

O FIFA+ já está disponível em todos os dispositivos móveis e com acesso à internet. Em breve, estará em uma variedade de dispositivos conectados. A plataforma possui vídeos em cinco idiomas (inglês, francês, alemão, português e espanhol). Em junho, outras seis línguas serão disponibilizadas.