Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Patrocínio

Flamengo amplia parceria com Mercado Livre para o futebol feminino

Além da marca nas camisas de jogo e de treino, empresa ainda apoiará ação "Elas Jogam" de incentivo ao futebol feminino

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 17/03/2022, às 07h00

Mercado Livre estampará as costas da camisa de jogo do time feminino do Flamengo pelos próximos 12 meses - Gilvan de Souza / Flamengo
Mercado Livre estampará as costas da camisa de jogo do time feminino do Flamengo pelos próximos 12 meses - Gilvan de Souza / Flamengo

Patrocinador do time masculino do Flamengo desde o final de abril de 2021 em um acordo que vai até dezembro de 2022, com pagamento de R$ 30 milhões por todo o período, o que representa R$ 1,5 milhão ao mês, o Mercado Livre ampliou a parceria com o time carioca nesta quarta-feira (16). A partir de agora, a marca passa a fazer aporte também ao time feminino rubro-negro.

O patrocínio faz parte de um projeto para apoiar a equidade de gênero no esporte. O objetivo é, ao longo do novo contrato, que também inclui as categorias de base, anunciar diversas iniciativas voltadas para o esporte feminino em geral.

“O Mercado Livre acredita que a inclusão, o desenvolvimento igualitário e a diversidade são motores do progresso. Estamos muito felizes em iniciar este projeto inédito em parceria com o Flamengo. O futebol feminino ainda está em desenvolvimento no Brasil, e nossa ambição é ser um dos parceiros que auxiliam na transformação cultural da equidade de gênero na prática, incentivando não apenas o grande time de futebol feminino do Brasil, mas também quaisquer meninas e mulheres que queiram jogar futebol”, afirmou Thais Souza Nicolau, diretora de branding do Mercado Livre para a América Latina.

“Sabemos que ainda há um longo caminho a percorrer, mas este já é mais um passo para dar força para as mulheres no esporte e incentivá-las a entrarem em campo. Acreditamos que ampliar a visibilidade dessas iniciativas engaja ainda mais pessoas e marcas para avançarmos juntos e cada vez mais em prol da equidade de gênero no esporte e em outras frentes”, completou a executiva.

Durante os próximos 12 meses, a marca estará presente na parte superior das costas das camisas de jogo e ainda terá visibilidade nas camisas de treino das atletas dos times principal e de base.

"Depois de um ano de sucesso com a equipe masculina, o Mercado Livre se une mais uma vez ao Flamengo, agora investindo nas nossas equipes de futebol feminino. Estamos confiantes de que a modalidade irá crescer ainda mais com este incentivo, que não se limita à exposição da marca, mas também aparece no apoio a diversas outras ações que iremos fazer durante o ano”, celebrou Gustavo Oliveira, vice-presidente de comunicação e marketing do Flamengo.

Paralelamente ao patrocínio, Flamengo e Mercado Livre ainda lançaram a ação “Elas Jogam”, iniciativa que terá como meta incentivar meninas e mulheres, de 4 a 22 anos, a jogarem futebol por meio de bolsas integrais, com isenção de mensalidade por um ano, nas 69 escolinhas do Flamengo que estão espalhadas por 18 estados brasileiros.

Flamengo e Mercado Livre lançaram ação “Elas Jogam” para incentivar meninas e mulheres a jogarem futebol
Gilvan de Souza / Flamengo

Para garantir uma das vagas disponíveis, será necessário adquirir o “kit da atleta”, com uma bola, uma bolsa esportiva e um squeeze, no valor de R$ 79. Com o kit, documento de identificação e nota fiscal da compra em mãos, o responsável pela futura atleta deverá concluir a matrícula em uma das escolinhas afiliadas. As maiores de 18 anos que tiverem seus kits poderão fazer suas inscrições normalmente.

Todo o valor arrecadado com a venda dos kits será doado para o projeto Pretas em Campo, da ONG Empodera, exclusivo para meninas adolescentes e jovens mulheres, que foi implementado na Cidade de Deus e em Pedra de Guaratiba (RJ). O foco é o empoderamento e o enfrentamento ao racismo por meio de uma metodologia que utiliza o futebol como ferramenta para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais e a discussão de temas-chave. 

Criada pela agência GUT São Paulo, a campanha do “Elas Jogam” contará com um vídeo nos principais canais do Mercado Livre e do Flamengo, além de ativações nos perfis nas redes sociais de veículos especializados em futebol feminino, como Dibradoras, Joga Pra elas e Passa a Bola, além da jornalista e influenciadora Raissa Simplicio. Também serão veiculados conteúdos no TikTok em parceria com as creators Gio Queiroz, Giulia Araki, Bia Bonacin, Nayumi Be e Carolixas.